Roma

# 552 Conheça o novo lounge da Alitalia no aeroporto de Roma

A Alitalia lançou um novo louge no aeroporto internacional de Roma Fiumicino – Leonardo da Vinci. A nova Casa Alitalia está localizada na área Extra Schengen, no novo pier de embarque E, próximo ao portão número 11.

O novo lounge foi projetado pelo estúdio Marco Piva e transmite as raízes culturais italianas no seu design. Foram utilizados materiais Made in Italy como as poltronas em couro Poltrona Frau e as cerâmicas Marazzi. O espaço possui mil metros quadrados, tem 258 assentos disponíveis, TVs, banheiros com chuveiros, área teen (com videogames, TVs e jogos) e área VIP (com mesas para reuniões, catering e banheiros com chuveiros), além de cardápio de comidas e bebidas.

unnamed (2)

(mais…)

Anúncios

#954 Alitalia oferece stopover em Roma e descontos em hotéis na cidade

Você já utilizou o programa de stopover de alguma companhia aérea? Funciona assim. Quando fizer uma conexão em um país, a empresa pode oferecer a possibilidade de ficar alguns dias na cidade gratuitamente – mas sempre é necessário solicitar esse serviço quando adquirir a passagem aérea.

A Alitalia oferece três dias de stopover em Roma, na Itália, que pode ser feito tanto na ida quanto na volta da viagem. Além disso, os passageiros que optarem por esses serviço têm direito a descontos em seis hotéis da capital italiana: Sheraton Parco de Medice, Fruit Hotels, The Church Palace, Hotel Roma Aurelia Antica, Hotel Regent e Reginal Hotels.

Roma Itália

(mais…)

#101 Fontana di Trevi – Roma, Itália

A Fontana di Trevi é um dos símbolos de Roma. A construção da imponente fonte teve início em 1732 com Nicola Salvi, que venceu um concurso promovido pelo papa Clemente XII. Mas ela só terminou de ser construída 30 anos depois, com a supervisão de Giuseppe Pannini.

Recentemente a Fontana passou por uma grande reforma que durou 516 dias, custou 2.180.000 euros e foi reinaugurada na última terça-feira, 3 de novembro. Enquanto ela ainda estava sendo reformada, foram colocados andaimes transparentes para os turistas conseguirem ver a fonte. Eu estive lá durante os trabalhos e tenho que confessar que foi meio triste vê-la sem água no meio daquela bagunça. Muito diferente de quando está funcionando.

Fontana di Trevi durante a reforma

Fontana di Trevi durante a reforma

O monumento é alimentado por um dos mais antigos aquedutos romanos, o Acqua Vergine. Quando a Fontana está em pleno funcionamento é muito bonita e imponente. Para se ter uma ideia, ela tem 26,30 metros de altura, 49,15 metros de comprimento e são necessários 80 mil metros cúbicos de água por dia. Ainda bem que a fonte não está em São Paulo.

Fontana di Trevi antes das reformas

Fontana di Trevi antes das reformas

Com o fim da reforma, a Fontana recebeu uma nova iluminação LED, que ajuda a ressaltar os detalhes da fonte. E há bastante coisa para se ver. No centro há uma estátua do deus Oceano, com 5,8 metros de altura. Ele está em uma espécie de carruagem sendo puxado por dois cavalos, comandados por Triton, filho de Netuno e Salácia.

Ao fundo, na parte esquerda está a estátua da Abundância, que carrega um cesto de frutas. À direita está a estátua da Saúde, que carrega um copo onde uma serpente está bebendo.

Há vários outros detalhes para observar, o que nem sempre pode ser uma tarefa fácil, pois lá pode ficar lotado de turistas. Mas arranje um cantinho e tire um tempo para contemplá-la.

Um dos rituais dos turistas é fazer um pedido e jogar uma moedinha de costas para a fonte. Desta forma, você estará assegurando que voltará à Roma.

Cena do filme "A Doce Vida"

Cena do filme “A Doce Vida”

A Fontana também foi eternizada no cinema. A cena do filme “A Doce Vida”, de Federico Fellini, onde Marcelo Mastroianni e Anita Ekberg trajando um provocante vestido preto entram na fonte é uma das mais antológicas da telona.

Onde: Fontana di Trevi, Roma, Itália
Quando: Aberta 24 horas
Quanto: Gratuito

#70 Dez hostels só para mulheres

A gente já publicou aqui no site uma avaliação do Hostelle, um hostel em Amsterdam que só aceita mulheres. Mas este não é o único estabelecimento do tipo no mundo. Conheça mais alguns deles aqui na nossa listinha de 10 hostels só para mulheres.

1 – St Christopher’s Oasis, Londres, Inglaterra
Está localizado no segundo andar do Village Hostel, no centro de Londres. A área destinada a mulheres só pode ser acessada com um cartão especial. Há quartos privados e dormitórios com armários individuais, travesseiros fofinhos, toalhas, secadores de cabelo e espelhos de corpo inteiro. A recepção e o café da manhã gratuito são compartilhados com o Village Hostel e não são exclusivos às mulheres.

As diárias giram em torno de 16,90 libras (em dormitório com 14 camas) e 34,50 libras (em quarto individual). Mais informações no site www.st-christophers.co.uk/london-hostels/london-bridge-oasis.

Um dos quartos do St. Christopher's Oasis

Um dos quartos do St. Christopher’s Oasis

2 – Cairns Girls Hostel, Cairns, Austrália
Garotas viajando para Cairns podem ficar em um hostel só para elas. O Cairns Girls Hostel está localizado no distrito de negócios e está próximo de shoppings, outlets, cinemas e baladas. Possui dormitórios e quartos privados, wifi grátis, cozinha, armários individuais e roupa de banho.

As diárias giram em torno de 20 dólares australianos nos dormitórios e 48 dólares australianos nos quartos privativos. Mais informações no site www.cairnsgirlshostel.com.au.

3 – Anadin Hostel, Budapeste, Hungria
Fica numa rua tranquila do centro da cidade e é bem pequeno: tem apenas dois dormitórios com seis camas cada. Os banheiros são coletivos, há cozinha equipada, sala de convivência e computador com internet. Entre as cortesias são oferecidos café da manhã, chá e café a vontade em qualquer horário, roupa de cama e toalhas, pantufas, guarda-chuva nos dias chuvosos, internet e secador de cabelos.

Mais informações no site do hostel.

Um dos dormitórios do Anadin Hostel

Um dos dormitórios do Anadin Hostel

4 – Istambul Girls Dormitory, Istambul, Turquia
Está localizado em uma zona central da cidade de Istambul, na Turquia. Oferece quartos individuais e dormitórios com capacidade para até seis pessoas. Além disso, há business center, wifi gratuito, restaurante, cozinha, secador de cabelos, depósito de bagagens, roupa de cama, toalhas e café da manhã gratuito.

Mais informações no site www.hostelsclub.com/hostel-it-20637.html.

5 – The Barefoot Hostel, Ottawa, Canadá
Desde 2016, o Bareffot Hostel aceita apenas mulheres. Operado pelo Swiss Hotel, que fica ao lado, o hostel está instalado em um casarão de tijolos vermelhos com 100 anos de idade. As hóspedes contam com wi-fi gratuito, computadores, armários, e sala comum com televisão, jogos, e troca de livros. No verão é possível descansar no pátio externo.

O hostel também oferece roupa de cama – lençol e cobertores -, toalha, xampu, e sabonete líquido para o banho.   A recepção funciona 24 horas.

Mais informações no site www.barefoothostel.com.

BarefootBathroom

Banheiro do Barefoot Hostel

6 – Centurion Ladies Hostel, Tóquio, Japão
O Centurion Ladies Hostel está localizado em Tóquio a 2,5 quilômetros do templo Senso-ji. O hostel oferece diversas configurações de quartos, com beliches, triplos, duplos, e até mesmo um em estilo japonês, com camas mais baixas.

O hostel oferece lounge compartilhado, cozinha, ar-condicionado, recepção 24 horas, lavanderia, e intenet gratuita. Além disso, há amenities como toalhas, roupa de cama, escova de dentes, xampu, condicionador, sabonete.

Mais informações no site do hostel.

Centurion Ladies Hostel

Quarto estilo japonês do Centurion Ladies Hostel

7 – Hostella, Roma, Itália
Este pequeno hostel possui quartos para duas, três ou quatro mulheres, todos equipados com internet gratuita. Está localizado no primeiro andar de um prédio sem elevador no meio do caminho entre as estações de metrô Repubblica e Castro Pretorio. A estação de trem Termini não fica distante.

O hostel oferece jogos, televisão, sala de convivência, mapas da cidade, secadores de cabelo, armários, chá, café, entre outros.

Os preços variam de acordo com a data, mas dá para encontrar, por exemplo, tarifas de 22,80 euros por dia em quarto para três pessoas. O café da manhã está incluso. Mais informações no site http://hostellarome.com.

Área comum do Hostella, em Roma

Área comum do Hostella, em Roma

8 – Female Only Gueshouse Tomari-ya Hostel, Tondabayashi, Japão
A cidade de Tondabayashi está a 21 quilômetros de Osaka. Perto do hostel é possível visitar o Koshoji Betsuin Temple.

Os dormitórios seguem o estilo japonês e ao invés de terem os tradicionais beliches, as camas são uma espécie de colchonete grosso que ficam no chão. Os banheiros são compartilhados, há roupas de cama, toalhas, secadores de cabelo, televisão, jardim, restaurante e wifi gratuito nas áreas comuns. O café da manhã pode ser ou não incluso na diária e dá também para fechar com regime de meia pensão.

Mais informações no Booking.

9 – Queen’s hostel, George Town, Malásia
Este hostel possui dois tipos de quartos: duplos e dormitórios. Os privados possuem cama queen size, travesseiros fofinhos, armários e ar condicionado. Já os compartilhados têm armários individuais, lâmpadas individuais, ar condicionado e cortinas individuais na cama para garantir mais privacidade e facilitar o sono dos que gostam de dormir até mais tarde.

O banheiro compartilhado tem xampu e condicionador, espelhos e lugares para apoiar a maquiagem, secador de cabelos e, em breve, chapinha. Todas as hóspedes recebem uma cestinha para colocar os seus produtos de higiene e maquiagens.

Mais informações na página do Facebook do hostel ou através do e-mail booking@queenshostel.my.

As cortinas dos dormitórios do Queen's Hostel dão um charme a mais

As cortinas dos dormitórios do Queen’s Hostel dão um charme a mais ao lugar

10 – Hostelle, Amsterdam, Países Baixos
O Hostelle está localizado próximo à estação de trem e metrô Bijlmer Arena, o que facilita o deslocamento pela cidade. Para ir ao aeroporto Schiphol são 20 minutos de trem.

O hostel possui quartos para até duas pessoas e dormitórios com quatro, seis e oito camas. Um dos quartos individuais tem decoração inspirada em Maria Antonieta, com lustres dourados, cama antiga e banheira vintage. Cada quarto e dormitório tem uma decoração diferente.

As tarifas variam de acordo com a época e o dia da semana, mas dá para pagar, por exemplo, 17 euros em uma cama em dormitório para oito pessoas. Veja a nossa avaliação completa do Hostelle aqui.

#34 Hotel Lev, Liubliana, Eslovênia

Apesar de ser a capital da Eslovênia, Liubliana é uma cidade bem pequena se comprada com outras capitais europeias, como Roma, Paris e Londres. Por conta disso, as principais atrações estão todas no centro e podem ser percorridas a pé, então vale a pena ficar hospedado em suas imediações.

Fachada do hotel Lev

Fachada do hotel Lev

O Hotel Lev foi minha escolha para me hospedar no Réveillon de 2014 e não me arrependi. Distante cerca de cinco minutos de caminhada do centro, a primeira impressão é de um hotel que já foi rico, mas que está um pouco em declínio. A placa diz que é quatro estrelas, mas o preço não condiz – ainda bem! O serviço é atencioso e os funcionários são bilíngues – mais uma vez ainda bem, pois não dá para entender nada da língua eslovena!

O quarto era espaçoso, e na falta de uma cama de casal, fomos acomodados em um com duas de solteiro. Mas elas estavam colocadas bem próximas, então virou tipo uma cama matrimonial. Havia frigobar, televisão e um banheiro grande com banheira. O único problema era a internet (gratuita) que não funcionava muito bem.

Um dos quartos do hotel Lev

Um dos quartos do hotel Lev: espaçosos e confortáveis

O café da manhã estava incluso na diária e era bastante farto. Havia vários tipos de bolos, sucos, cereais, pães, além de outras opções como salmão defumado e o tradicional linguiça, bacon e ovos mexidos.

O café da manhã era farto e gostoso

O café da manhã era farto e gostoso

O hotel também tem um pequeno cassino. Mas confesso que me deu um pouco de depressão ao entrar na noite de 31 de dezembro e ver aquelas pessoas jogando, naquele ambiente datado, com comida ruim (pelo menos era de graça) e uma cantora desafinada usando um micro vestido preto. Meus 15 minutos de permanência me mostraram que não nasci para a jogatina e saí de lá 10 euros mais pobre.

As tarifas para duas pessoas costumam variar de 90 a 146 euros, com café da manhã incluso. Não é uma super pechincha, mas a localização aliada a um serviço bom faz valer a pena. Eu fiz minha reserva no Booking.com e consegui desconto, então é bom dar uma pesquisada nos sites de reservas antes de fechar.

Para mais informações acesse o site www.union-hotels.eu/en/hotel-lev.

E você, tem algum hotel para recomendar em Liubliana? Escreva nos comentários!

Onde: Hotel Lev, Liubliana, Eslovênia
Quanto custa: Diárias para duas pessoas variam entre 90 e 146 euros com café da manhã incluso