Gratuito

#628 Heineken ocupa Vila dos Ingleses, em São Paulo, com projeto de verão

No dia 17 de fevereiro, a Heineken abre as portas do seu projeto verão, o Heineken Block. Instalado na Vila dos Ingleses, no centro de São Paulo, o projeto é inspirado nas Block Parties, festas que ocupam as ruas de diversas cidades ao redor do mundo para celebrar a música, arte e o convívio em espaços públicos ao ar livre.

Heineken Block

O Heineken Block funcionará de 17 de fevereiro a 11 de março em São Paulo

(mais…)

Anúncios

#340 Jornada do Patrimônio – São Paulo, Brasil

Estará em São Paulo nos dias 12 e 13 de dezembro? A Secretaria Municipal de Cultura (SMC) e o Departamento do Patrimônio Histórico (DPH) estarão promovendo nestas datas a 1ª Jornada do Patrimônio em São Paulo. A formatação do evento é inspirada em outros semelhantes realizados no exterior, como a Journées Européennes Du Patrimoine na França.

A jornada de São Paulo terá 80 imóveis públicos e privados participantes, que abrirão suas portas neste final de semana. Dentre os imóveis que a população terá oportunidade de reverenciar está a rede de casas históricas do Museu da Cidade de São Paulo, composta de espaços como o a Capela do Morumbi, Casa do Tatuapé, Casa da Imagem, entre outros. Algumas atrações terão visita guiada.

Crédito: Reprodução/Prefeitura de São Paulo

A Casa da Imagem fará parte da Jornada do Patrimônio

Além de visitar as atrações, também será possível participar de oficinas, como a Fotojornada do Patrimônio, que será voltada a fotógrafos profissionais e amadores e terá como objetivo documentar o patrimônio da cidade. Já as crianças poderão participar, por exemplo, da Oficina de Escavação Arqueológica na Casa do Bandeirante. Todas essas oficinas são gratuitas.

Crédito: Reprodução/Facebook Vila Itororó

Vila Itororó

Todas as regiões da cidade receberão roteiros e oficinas temáticos, que são oportunidades para os interessados conhecerem a história da cidade de São Paulo sob diversos aspectos, contados através de imóveis e tradições locais.

Crédito: Reprodução/Site Museu da Cidade de São Paulo

O Solar da Marquesa de Santos também está participando

Na ocasião, também será possível assistir alguns shows. No sábado, o Solar da Marquesa recebe, às 19h, João Macacão, representante da velha guarda do choro, do samba e da seresta, que interpreta Noel Rosa, Ary Barroso, entre outros. Já o Teatro Oficina apresenta, às 21h, o espetáculo “Musical Mistérios Gozosos”, com direção de Zé Celso.

Mais informações e programação completa podem ser obtidas no site.

Onde: 1ª Jornada do Patrimônio de São Paulo, São Paulo, Brasil
Quando: 12 e 13 de dezembro de 2015
Quanto: Gratuito

#101 Fontana di Trevi – Roma, Itália

A Fontana di Trevi é um dos símbolos de Roma. A construção da imponente fonte teve início em 1732 com Nicola Salvi, que venceu um concurso promovido pelo papa Clemente XII. Mas ela só terminou de ser construída 30 anos depois, com a supervisão de Giuseppe Pannini.

Recentemente a Fontana passou por uma grande reforma que durou 516 dias, custou 2.180.000 euros e foi reinaugurada na última terça-feira, 3 de novembro. Enquanto ela ainda estava sendo reformada, foram colocados andaimes transparentes para os turistas conseguirem ver a fonte. Eu estive lá durante os trabalhos e tenho que confessar que foi meio triste vê-la sem água no meio daquela bagunça. Muito diferente de quando está funcionando.

Fontana di Trevi durante a reforma

Fontana di Trevi durante a reforma

O monumento é alimentado por um dos mais antigos aquedutos romanos, o Acqua Vergine. Quando a Fontana está em pleno funcionamento é muito bonita e imponente. Para se ter uma ideia, ela tem 26,30 metros de altura, 49,15 metros de comprimento e são necessários 80 mil metros cúbicos de água por dia. Ainda bem que a fonte não está em São Paulo.

Fontana di Trevi antes das reformas

Fontana di Trevi antes das reformas

Com o fim da reforma, a Fontana recebeu uma nova iluminação LED, que ajuda a ressaltar os detalhes da fonte. E há bastante coisa para se ver. No centro há uma estátua do deus Oceano, com 5,8 metros de altura. Ele está em uma espécie de carruagem sendo puxado por dois cavalos, comandados por Triton, filho de Netuno e Salácia.

Ao fundo, na parte esquerda está a estátua da Abundância, que carrega um cesto de frutas. À direita está a estátua da Saúde, que carrega um copo onde uma serpente está bebendo.

Há vários outros detalhes para observar, o que nem sempre pode ser uma tarefa fácil, pois lá pode ficar lotado de turistas. Mas arranje um cantinho e tire um tempo para contemplá-la.

Um dos rituais dos turistas é fazer um pedido e jogar uma moedinha de costas para a fonte. Desta forma, você estará assegurando que voltará à Roma.

Cena do filme "A Doce Vida"

Cena do filme “A Doce Vida”

A Fontana também foi eternizada no cinema. A cena do filme “A Doce Vida”, de Federico Fellini, onde Marcelo Mastroianni e Anita Ekberg trajando um provocante vestido preto entram na fonte é uma das mais antológicas da telona.

Onde: Fontana di Trevi, Roma, Itália
Quando: Aberta 24 horas
Quanto: Gratuito

#75 Open Doors – País de Gales

Semana passada nós publicamos um post sobre a Jornada Europeia do Patrimônio, evento que promove a cultura em 50 países europeus e ocasião para muitos atrativos que estão normalmente fechados abrirem para visitação. Nos dias 26 e 27 de setembro o País de Gales realiza uma iniciativa semelhante, o Open Doors. Durante este final de semana, mais de 20 atrativos pagos no país terão entrada gratuita.

O Castelo de Caernarfon é um dos locais participante. Construído no século XIII pelo rei Edward I como residência do príncipe de Gales, é um dos maiores castelos do país e um dos mais bem preservados da Europa. Tem 13 torres, dois portões e domina o Rio Seiont. Uma curiosidade sobre o local: o príncipe Charles foi investido príncipe de Gales aqui. Normalmente a entrada inteira custa 6,75 libras (o que já são cerca de R$40 com o câmbio de hoje), mas fica de graça durante o evento.

O castelo de Caernarfon é bastante visitado no país

O castelo de Caernarfon é bastante visitado no país

Outro castelo famoso e que está participando do Open Doors é o Conwy, que também foi construído pelo rei Edward I. São dois portões fortificados e oito grandes torres, formando uma construção majestosa. Fora do evento o ingresso inteiro também custa 6,75 libras (perto de R$40). A cidade de Conwy fica bem perto de Manchester e possui outros atrativos, como a Menor Casa da Grã-Bretanha (mas que não está participando do evento).

O castelo de Conwy é uma das atrações participantes

O castelo de Conwy é uma das atrações participantes

O Castelo de Criccieth foi construído em cima de uma colina e tem uma vista belíssima para o mar. É menor que o de Caernaforn e o de Conwy, mas também tem seu charme. Foi construído por Llywelyn, o Grande, mas tomado por Edward I 50 anos depois. O local foi palco de uma das últimas grandes revoltas galesas contra os ingleses. O ingresso inteiro fora do evento custa 3,50 libras (cerca de R$21).

O castelo de Criccieth tem uma vista belíssima do mar

O castelo de Criccieth tem uma vista belíssima do mar

Você deve estar se perguntando: mas só tem castelos participando? Na verdade quase todos os atrativos da lista são castelos sim! Para visitar os locais participantes é necessário retirar um ingresso online no site. É preciso que pelo menos um dos visitantes tenha mais de 18 anos e é possível retirar até quatro ingressos de uma vez. Eles devem ser impressos ou baixados no celular. No total são 20 mil ingressos disponíveis, então é bom ficar esperto para não correr o risco de ficar sem, pois alguns atrativos já estão esgotados.

Onde: Open Doors, País de Gales
Quando: Dias 26 e 27 de setembro de 2015 Quanto: Gratuito. Ingressos devem ser retirados antecipadamente no site

#51 Jornada do Patrimônio Cultural Europeu

Quem estiver na Europa neste mês pode participar da Jornada do Patrimônio Cultural Europeu. Durante o evento será possível visitar em 50 países europeus diversos atrativos de graça. Como se já não fosse legal o suficiente, há ainda alguns lugares participantes que não abrem ao público normalmente. A iniciativa é realizada todos os anos ao longo do mês de setembro e cada país escolhe seu fim de semana para promovê-la.

Na França, por exemplo, serão 17 mil monumentos participantes e o evento será realizado nos dias 19 e 20. Em Paris está concentrada uma grande parte deles e alguns se destacam por fugir dos roteiros turísticos tradicionais. É o caso do “Le Regard de la Lanterne”, a cabeça do aqueduto de Belleville. O local foi concluído em 1613 e é o maior remanescente do sistema de abastecimento de água que alimentava as primeiras fontes parisienses. Durante a jornada dá para fazer visita guiada das 13h às 18h e não é necessário fazer inscrição prévia.

Le Regard de la Lanterne em Paris

Le Regard de la Lanterne em Paris

Ainda na cidade luz, que tal ver a galeria Printemps de uma forma diferente? A visita guiada tem 10 etapas e conta a história do local. Um dos pontos altos da visita é o terraço, de onde é possível ter uma vista 360º de Paris. No sábado é preciso reserva antecipadamente e no domingo não.

Galeria Printemps terá visita guiada e acesso ao terraço

Galeria Printemps terá visita guiada e acesso ao terraço

Saindo um pouco de Paris, o Castelo de Versailles, destino obrigatório de muitos turistas na França, preparou algumas surpresas para os visitantes durante o evento. Nos dias 19 e 20 de setembro a Sala do Congresso e as Salas do Parlamento estarão excepcionalmente abertas para visitação. O ingresso à ala sul do castelo é gratuito, mas quem quiser visitar suas outras dependências precisa comprar um bilhete.

Sala do Congresso do Castelo de Versailles

Sala do Congresso do Castelo de Versailles

Para conhecer a lista completa de monumentos franceses acesse o site http://journeesdupatrimoine.culturecommunication.gouv.fr.

A Bélgica também escolheu os dias 19 e 20 de setembro. Alguns atrativos estarão abertos pela primeira vez ao público. É o caso do Santos Palace, em Bruxelas. Em 1911, o edifício começou a operar como uma fábrica de café sob o comando da Compagnie Brésilienne (Companhia Brasileira, em tradução do francês). Durante a I Guerra Mundial precisou encerrar suas atividades por falta de matéria prima, mas voltou às atividades em 1919 e continua operando até hoje. Durante a Jornada visitas guiadas explicarão o processo de torrefação do café, além de apresentar diversos tipos de grãos e promover uma degustação.

Depois de muitos anos a garagem da Citroën volta a abrir suas portas para os visitantes. O prédio de metal tem 15 mil m2 e originalmente abrigava setores administrativos, showroom, oficinais de reparos, depósito e uma estação de serviços. A bela estrutura está preservada e deverá abrigar em breve um museu de arte moderna e contemporânea. Serão feitas visitas guiadas em francês e holandês e o último tour sai às 15h.

Garagem da Citroën em Bruxelas

Garagem da Citroën em Bruxelas

O dia 20 de setembro coincide com o “Dia sem carro” em Bruxelas. Das 9h às 17h uma série de ruas estará interditada para os carros. Para conhecer a lista completa de atrativos na Bélgica acesse o site http://visitbrussels.be/bitc/BE_en/heritage-days.do.

Na Itália o evento também será realizado nos dias 19 e 20 de setembro. Em ocasião da Expo, que está sendo realizada até o final de outubro em Milão, algumas visitas terão o tema nutrição, o mesmo desta edição da Exposição Mundial.

Em Milão o depósito da coleção permanente do Mudec – Museu da Cultura de Milão estará aberto para o público descobrir as tradições alimentares de diversas partes do mundo. Os visitantes poderão repensar a relação entre a comida e a cultura na vida prática, espiritual e social. Será possível, por exemplo, observar através do acervo a cerimônia do chá no Japão. É obrigatório reservar no site e a visita é gratuita.

O museu Mudec, em Milão, abrirá as portas de seu depósito

O museu Mudec, em Milão, abrirá as portas de seu depósito

Na região de Trentino-Alto Adige, na cidade de Trento, o Castelo de Buonconsiglio utilizará suas obras para abordar o tema da alimentação na Idade Média. Serão discutidas a produção, gostos alimentares, curiosas crendices populares, entre outros.

Em Veneza, o complexo arquitetônico Hériot alla Giudecca estará excepcionalmente aberto ao público. O local foi construído no final dos anos 1920 por uma família de milionários franceses e projetado por Rafaelle Mainella, personagem expoente da Academia de Veneza. Durante a visita serão contadas as histórias da família francesa e de Mainella. É obrigatório reservar antecipadamente no telefone +39041-5287735.

O complexo arquitetônico Hériot alla Giudecca

O complexo arquitetônico Hériot alla Giudecca

Para conhecer a lista completa de atrações participantes na Itália acesse o site do Ministério dos Bens e da Atividade Cultural e do Turismo da Itália.

Em Atenas, na Grécia, o Museu Acrópoles terá entrada gratuita nos dias 26 e 27 de setembro das 17h às 20h. Além disso, alguns arqueólogos estão a disposição do público para responder perguntas sobre a exposição temporária “Samothrace. Os Mistérios dos Grandes Deuses”. Mais informações no site www.theacropolismuseum.gr.

Museu de Acrópoles, na Grécia

Museu de Acrópoles, na Grécia

Há muitos outros países participando da Jornada do Patrimônio Europeu, mas alguns deles já realizaram o evento neste ano (como é o caso dos Países Baixos e da Alemanha, por exemplo). Para descobrir o que ainda pode ser visitado é só acessar o site www.europeanheritagedays.com.

Onde: Jornada do Patrimônio Cultural Europeu
Quando: Mês de setembro. Consulte o site www.europeanheritagedays.com para pesquisar as datas
Quanto: Gratuito em muitos casos

#15 Torre de Belém – Lisboa, Portugal

Um dos símbolos de Lisboa, a Torre de Belém é um dos atrativos em que vale a pena dar ao menos uma espiadinha.

Fachada da torre
Fachada da torre

Localizada no bairro de Belém e às margens do Rio Tejo, a Torre foi construída no século XVI como parte do plano de defesa do Tejo contra ataques. No século XIX, durante as invasões francesas, sofreu algumas alterações para melhorar o desempenho militar e também foi restaurada alguns anos depois. Em 1983 foi classificada pela UNESCO como Patrimônio Cultural de Toda a Humanidade.

Escada interior da torre: e é mão dupla!

Escada interior da torre: e é mão dupla!

Durante a visita é possível entrar na Torre e percorrer suas salas, como a de audiências, do governador e a capela, tudo acessado através de uma escada circular. Mas não há móveis lá dentro, apenas a estrutura. Mesmo assim dá para admirar a arquitetura e os detalhes internos. A parte mais legal é o terraço, onde é possível ter uma bela vista do Rio Tejo e de algumas construções do bairro de Belém.

Parte do terraço da Torre de Belém

Parte do terraço da Torre de Belém

Opinião sincera: eu acho que ver a Torre de fora já é suficiente. A visita não me empolgou muito, mas como eu não paguei nada para entrar, então tudo bem. Depois de visitar a Torre vale a pena passear pelo bairro e visitar o Mosteiro dos Jerónimos, o Monumento dos Descobrimentos, entre outros. Também aproveite para comer o famoso pastel de Belém na Fábrica dos Pastéis de Belém, os mais gostosos da cidade.

Vista da Torre de Belém

Vista da Torre de Belém

Uma dica: se sua intenção é entrar nas atrações em Belém não vá numa segunda-feira, pois é tudo fechado. Para chegar a Torre de Belém dá para ir de trem (comboio em português de Portugal) e descer na estação de Belém. De ônibus (ou autocarro, como dizem os portugueses) dá para chegar com o 727, 28, 729, 714 e 751.

Mais informações podem ser obtidas no site www.torrebelem.pt.

Onde: Torre de Belém, Lisboa, Portugal
Quanto: 6 euros a inteira
Quando: Aberto todos os dias, exceto segundas-feiras. De outubro a abril das 10h às 17h30. De maio a setembro das 10h às 18h30.

#91 Mostras de Dante Alighieri no Castelo Sforzesco – Milão, Itália

O Castelo Sforzesco de Milão está sediando até outubro duas mostras sobre o escritor e poeta italiano Dante Alighieri. Para quem não conhece, ele é autor do clássico “A Divina Comédia”.

Reprodução de "A Divina Comédia"

Reprodução de “A Divina Comédia”

“Dante 750” comemora os 750 anos do nascimento do celebrado autor. A mostra é dividida em três partes. A primeira, “Dante e o Cinema”, fala sobre a inspiração que a sétima arte encontrou em “A Divina Comédia”. O visitante poderá encontrar filmes baseados na grande obra de Dante Alighieri, as partes mais emocionantes do poema, infográficos com os personagens mais célebres, entre outros.

Retrato de Dante Alighieri

Retrato de Dante Alighieri, de Nadia Scardeoni

Na segunda parte, “Comida e Convívio na Idade de Dante”, há vídeos contando histórias significativas e uma mesa reproduzindo os hábitos alimentares mais comuns da Idade Média.

Já na terceira parte, “Dante e a Arte”, o visitante poderá apreciar uma réplica do único retrato do autor, “Dante di Nadia Scardeoni”, além de ilustrações relativas a “A Divina Comédia”.

A mostra é gratuita e pode ser visitada até 11 de outubro de terça a domingo, das 9h às 19h30. Vale a pena visitar para saber mais sobre o poeta italiano e também para conhecer o Castelo Sforzesco, uma das principais atrações de Milão e localizado bem no centro da cidade, pertinho do Duomo.

Uma das obras de Dante Alighieri

Uma das obras de Dante Alighieri

Já na Sala del Tesoro é possível apreciar algumas das obras mais célebres do poeta, através de antigos manuscritos. As obras foram reunidas durante o século XIX por Gian Giacomo Trivulzio e seus herdeiros e atualmente faz parte da coleção do Arquivo Histórico Cívico e Biblioteca Trivulziana, localizado dentro do castelo. Esta mostra pode ser visitada até 18 de outubro de terça a domingo, das 9h às 19h30 e as quintas até as 22h30. O ingresso também é gratuito.

Para mais informações acesse o site www.dante750.com/sito.

Onde: Mostras Dante Alighieri no Castelo Sforzesco, Milão, Itália
Quando: A mostra “Dante 750” fica em cartaz até 11 de outubro. Os manuscritos de Dante Alighieri podem ser visitados até o dia 18 de outubro
Quanto: Gratuito