Ecoturismo

#989 Itirapina: turismo rural no interior de São Paulo

Pertencente ao Circuito Turístico da Serra de Itaqueri, Itirapina é uma cidadezinha do interior de São Paulo cheia de recursos naturais. Localizada a 214 quilômetros da capital paulista, oferece uma série de atrações, como mais de 20 cachoeiras.

A cidade é também conhecida pelo turismo rural. Nas estradas rurais, é possível se deparar com lobos guarás, seriemas e quero-queros, macacos, maritacas e tucanos. Outro pássaro abundante na região é o pica-pau.

Cachoeira Itirapina

Itirapina tem mais de 20 cachoeiras

(mais…)

Anúncios

#113 Esportes radicais para praticar na República Dominicana

A República Dominicana, país localizado na América Central, oferece uma bela diversidade natural. Há praias com montanhas, manguezais, desertos e rios, o que facilita a prática de esportes de aventura.

A região sudeste do país conta com destinos como Punta Cana, Bayahibe, La Romana e a capital Santo Domingo, que tem águas cristalinas e permitem a prática de esportes radicais.

Esta região do país oferece uma grande variedade de atividades como mergulho e snorkel, parque aquáticos, esportes extremos, viagens em 4×4, passeios de buggies e parques com tirolesa. Conheça algumas opções:

1)  PARQUE NACIONAL COTUBANAMÁ: Antes conhecido como Parque Nacional do Leste, é uma reserva natural que abriga milhares de espécies da fauna e flora. A Ilha de Saona, um dos principais atrativos do local, tem belas paisagens. O parque também conta com grutas com amostras de arte rupestre e vestígios arqueológicos da cultura taína.

2) CUEVA DE LAS MARAVILLAS: Com 800 metros de extensão, dos quais 240 estão abertos ao público, esta gruta tem mais de 100 mil anos e é iluminada, podendo ser exploradas por pessoas de todas as idades.

Cueva de las Maravillas - República Dominicana (2)

Cueva de las Maravillas – Crédito: Divulgação

3) SNORKELING E MERGULHO: o snorkeling, prática de mergulho em águas rasas, é uma experiência acessível a todos os públicos nesta área. Se desejar explorar mais a fundo os reinos submarinos, mergulhar é uma opção. As praias são de areia branca muito macia e estão rodeadas por recifes de corais. Esses recifes, além de ter uma flora e fauna marina única, protegem as praias e deixam o mar mais calmo.

  • LA CALETA: Vizinho da cidade de Santo Domingo, o Parque Nacional Subaquático La Caleta tem extensão de 12 quilômetros e uma profundidade máxima de 180 metros. No parque existem vários naufrágios, destacando o “Hickory.
  • ISLA CATALINA: É uma ilha de areia branca, localizada próximo à cidade de La Romana. Da praia, uma pequena ladeira leva à parede que desce mais de 100 metros de profundidade, com vida selvagem e formações de corais abundantes.

4) MUSEO VIVO DEL MAR CAPITÁN KIDD: Sob as águas a oeste da Ilha de Catalina, se encontra o naufrágio do navio pirata Capitán William Kidd. Esse patrimônio cultural subaquático apresenta grande biodiversidade marinha.

5) BUGGY E VEÍCULOS 4X4: Uma atividade é fazer expedições de buggy nas florestas de Cumayasa, que tem 35 quilômetros de estradas rurais. Durante o passeio é possível visitar as Grutas do Sol.

Buggy - República Dominicana (2)

Passeio de buggy é uma opção – Crédito: Divulgação

6) TIROLESA E CANOPY: No coração do leste, entre San Pedro de Marcorís e La Romana, encontra-se o Canopy Cumayasa. De lá é possível observar a fauna e flora local.

Zip lining - República Dominicana (2)

Tirolesa em Canopy Cumayasa – Crédito: Divulgação

Onde: Esportes radicais para praticar na República Dominicana