Barato

Como pagar barato para visitar Machu Picchu

Faz tempo que eu estou enrolando para escrever esse post, mas ele é uma dica bacana. Se você estiver em Cusco, no Peru, e quiser visitar Machu Picchu, há uma forma de pagar mais barato – porém é preciso ter fôlego.

Foto: Guia Aleatório de Turismo

(mais…)

Anúncios

#51 Restaurante Apfel – São Paulo, Brasil

O restaurante Apfel é especializado em culinária vegetariana e está localizado na Rua Bela Cintra e no centro de São Paulo. As comidas são servidas em sistema de buffet à vontade e o preço já inclui sobremesas. Bebidas devem ser pagas a parte, mas eles oferecem água com limão de graça.

O buffet inclui opções de saladas, pratos quentes e sopas. No dia da minha visita, na unidade da Bela Cintra, a parte das saladas não tinha nada de muito espetacular. O cuscuz estilo o paulista tinha uma aparência muito boa, mas achei que faltava um pouco de sabor.

apfel saladas

Buffet de saladas do Apfel

Agora vamos aos destaques! A lasanha de beterraba me deixou com medo no início, mas era deliciosa. O molho bechamel estava muito bem feito e deu um ótimo sabor ao prato. O charutinho de repolho com molho de tomate e proteína de soja também estava muito bem feito e gostoso. Também gostei bastante da sopa de abóbora – pena que foi a última coisa que comi e não pude comer mais, pois tinha que guardar espaço para a sobremesa, hehehe. O prato que eu mais gostei foi a torta de espinafre, tinha uma massa estilo a de quiche e estava perfeita.

apfel pratos

Buffet quente

A única coisa que eu provei e não gostei e foi o risoto de maracujá. Achei estranho, dava para sentir o maracujá e depois vinha um gosto que não consegui identificar e que não combinava, não dava para saber muito bem o que estava acontecendo nesse prato.

As sobremesas eram poucas. Tinha um bolo que não provei, iogurte para comer com granola, arroz doce (estava bom) e um creme que tinha gosto de cural e que era a opção mais gostosa.

O ambiente do restaurante é rústico e agradável. Há mesas dentro, fora e na parte superior. O local é comandado pela chef chilena Mylenne Signe, que abriu a unidade do centro em 1993 ao lado do advogado Carlos Beutel e a unidade dos Jardins em 2002.

APFEL 2_jardins

Mesas na parte exterior do restaurante dos Jardins

O buffet no centro custa R$28. Nos Jardins custa R$29,50 de segunda a sexta e R$34 em sábados, domingos e feriados. Eu achei que vale a pena e eu voltaria lá. Apesar de ter opções que poderiam ter um pouco mais de tempero, também havia outras que eram muito boas mesmo. E se você for como eu, que não tem limites quando ouve que é à vontade, dá para comer e sair rolando de lá.

Para mais informações acesse o site www.apfel.com.br.

Onde: Restaurante Apfel, São Paulo, Brasil

Quando: Centro: Segunda a sábado, das 11h30 às 15h. Nos Jardins: Segunda a sexta, das 11h30 às 15 e aos sábados, domingos e feriados, das 11h30 às 16h

Quanto: O buffet no centro custa R$28. Nos Jardins custa R$29,50 de segunda a sexta e R$34 em sábados, domingos e feriados

#190 Lista trivago de destinos com melhor custo-benefício no Brasil

O buscador de hotéis trivago lançou seu estudo anual com os destinos com o melhor custo-benefício do Brasil. Para chegar ao resultado eles combinaram o preço médio dos hotéis com suas respectivas avaliações por parte dos usuários.

No ranking há 37 cidades de 19 estados brasileiros. Quem levou a melhor foi Bonito, no Mato Grosso do Sul, seguida por Porto Seguro, na Bahia, e Morro de São Paulo, no mesmo estado.

Bonito tem belos atrativos naturais

Bonito tem belos atrativos naturais

Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo são os estados com mais cidades na lista, quatro cada. São Luís, no Maranhão, é a capital melhor classificada, ocupando a 12ª posição.

Das cidades da lista, aqui no site temos avaliação de hotel em Armação dos Búzios, que ocupou o 25º lugar e que pode ser vista aqui. De Salvador, que ficou em 22º, também temos uma avaliação neste link aqui.

O guia trivago do melhor custo-benefício é um estudo que proporciona uma visão geral dos melhores destinos ao utilizar um algoritmo que combina os dados do tHPI (Índice de Preços de Hotéis trivago) com o Ranking de Reputação de hotéis do trivago. Com uma pontuação máxima de 100 pontos, o guia mostra os destinos com mais de 50 hotéis e mais de 150 avaliações com as melhores posições combinando preço e satisfação dos clientes.

trivago 1trivago 2Onde: Guia trivago de melhor custo benefício no Brasil

#55 Hostel Hostelle – Amsterdam, Países Baixos

Nem toda mulher se sente confortável dormindo em um quarto compartilhado misto, principalmente se estiver viajando sozinha. Mas em Amsterdam isso não é um problema: é só ficar hospedada no Hostelle, um hostel destinado apenas às mulheres.

O Hostelle ocupa um andar de um prédio comercial e é bem decorado em todos os cômodos, muito mais do que os hostels tradicionais. Um dos destaques é o fofo banheiro da Hello Kitty, que fica ao lado da recepção. A cozinha vermelha também tem seu charme e oferece os equipamentos básicos para cozinhar.

Banheiro com decoração da Hello Kity

Banheiro com decoração da Hello Kitty

O local possui quartos privativos para até duas pessoas e um deles tem decoração inspirada em Maria Antonieta. Há um lustre dourado, tecidos franceses e a cama é antiga. O banheiro segue a mesma linha com sua banheira vintage e um lustre, perfeito para quem quer tomar banho gritando “eu sou rica”. O outro quarto individual tem inspiração na China. A pintura é preta e vermelha, os abajures, o guarda-roupa e as pinturas são chineses.

Camas do quarto "Maria Antonieta"

Camas do quarto “Maria Antonieta”

Além dos quartos privativos há dormitórios com quatro, seis e oito camas, cada um com uma decoração diferente. O quarto “Home is where the heart is”, por exemplo, tem oito camas, é todo branco, tem um sofazinho, beliches bem confortáveis, secador de cabelos e um armário individual para cada hóspede, mas que comporta apenas uma mala pequena. Se estiver com bastante bagagem vale a pena entrar em contato com o hostel e verificar se há outros meios para guarda-las. O banheiro é compartilhado e fica fora do quarto.

Parte do quarto "Home is where the heart is": a decoração é toda em branco

Parte do quarto “Home is where the heart is”: a decoração é toda em branco

No lobby há mesas para refeições, sofás e um computador para uso comum. Um diferencial é o armário com roupas que podem ser compradas ou trocadas pelas hóspedes. Outra coisa legal é o aluguel de bicicletas. Por 7,50 euros é possível alugar uma magrela por 24 horas e entrar no clima de Amsterdam.

O hostel aluga bicicletas para as hóspedes

O hostel aluga bicicletas para as hóspedes

Apesar de não estar no centro, o hostel fica bem perto de uma estação grande de trem e metrô (a Bijlmer ArenA, que está a 5 minutos andando), facilitando o deslocamento pela cidade. De lá leva cerca de 20 minutos para chegar ao aeroporto Schiphol com o trem. A Bijlmer ArenA é o estádio do time de futebol Ajax e um dos pontos turísticos de Amsterdam.

A cozinha também é bonitinha

A cozinha também é bonitinha

Foi legal estar num hostel só com mulheres, o ambiente era tranquilo e todas pareciam estar de boa lá. Para quem está se perguntando se deveria ficar no clube da Luluzinha, posso dizer que vale a pena. Além de transmitir segurança, especialmente para quem está viajando sozinha, como era o caso de muitas hóspedes, ainda tem o plus de uma decoração bonita e um lugar limpinho.

As hóspedes podem comprar ou trocar roupas no hostel

As hóspedes podem comprar ou trocar roupas no hostel

Apesar de ser um ambiente “homens free”, as hospedes podem receber visitas de nossos semelhantes do sexo oposto, mas apenas nas áreas comuns. Os quartos estão totalmente fora dos limites. As tarifas dos quartos variam de acordo com a data e dia da semana, mas estão na média de 17 euros (cama em dormitório com oito lugares) e 66 euros em quarto privativo. Reservas e consultas podem ser feitas pelo site www.hostelle.com. O hostel não oferece café da manhã.

Onde: Hostel Hostelle, Amsterdam, Países Baixos
Quanto: Os preços variam de acordo com a data e o dia da semana. Para consulta-los acesse o site www.hostelle.com

#13 Tramp Aparthostel – Cracóvia, Polônia

Grande parte das atrações em Cracóvia fica no miolinho chamado cidade velha e, por isso, recomendo ficar nesta zona na cidade. Além de ser mais cômodo, principalmente em estadas curtas, e poder fazer tudo a pé, lá também é muito bonitinho.

O Tramp Aparthostel está localizado dentro da cidade velha e bem perto da estação Central, de onde partem trens e ônibus de viagem, além do ônibus para o aeroporto de Cracóvia. O Mercado Central, um dos pontos de referência no local, também fica bem próximo, são cerca de cinco minutos caminhando para chegar lá.

Centro velho de Cracóvia

Centro velho de Cracóvia

O hostel está instalado no quarto andar de um prédio aparentemente residencial. Se estiver com muita bagagem ou não quiser subir pelas escadas é preciso avisá-los pelo interfone, para que abram o elevador. Depois que fizer o check-in receberá uma chave do quarto, do portão do prédio e do elevador, que é bem exótico e não é aconselhado a pessoas com claustrofobia. Como disse a recepcionista, ele é vintage.

Elevador exótico do prédio

Elevador exótico do prédio

Lá no hostel há quartos privativos e dormitórios, todos com banheiro compartilhado. O quarto duplo é pequeno, tem apenas uma cama e um móvel para guardar suas coisas, mas achei o espaço suficiente. Quando eu estive lá era começo do verão, mas estava fazendo frio na cidade. Mesmo assim era bem quente dentro do quarto e não havia ar condicionado nem ventilador. Como estava frio, para mim foi ótimo, mas em um dia quente isso pode ser um problema. Então é bom conversar com o hostel antes e verificar se eles podem fornecer um ventilador. Para usar toalhas é preciso aluga-las, são 2 zloty por toalhas (um pouco menos de R$2).

Foto de um dos quartos

Foto de um dos quartos

O café da manhã está incluso na diária e é servido das 8h às 10h. Há pão, frios, um queijo processado com sabores diversos, tipo o polenguinho, tomate, pepino, café solúvel e Nutella. Achei bom para um hostel e eles deixam as pessoas levarem lanches “pra viagem”.

No café da manhã eles servem frios, pepino, tomate e outras coisas

No café da manhã eles servem frios, pepino, tomate e outras coisas

O hostel oferece wi-fi gratuitamente e também possui computadores para quem quiser usar. Também há uma cozinha com equipamentos básicos como copos, talheres, panelas, mas não tinha abridor de garrafas. Ainda bem que o recepcionista gentilmente abriu minha long neck com uma faca! Tem uma geladeira para uso comum e eles pedem que as pessoas escrevam seu nome em suas coisas antes de guarda-las.

No quarto andar havia dois banheiros próximos da cozinha, um com chuveiro e outro não, e dois banheiros perto da recepção, um com vários chuveiros e outro não.

Em geral achei o hostel muito satisfatório, pois está bem localizado, a relação qualidade/preço é boa e os funcionários falam inglês – aliás parece que todo mundo fala inglês em Cracóvia, ainda bem!

Quer uma sugestão de passeio nos arredores de Cracóvia? Veja nosso post sobre Auschwitz aqui.

Onde: Tramp Aparthostel, Cracóvia, Polônia
Quanto: Para reservar acesse o site http://tramp-aparthostel.com. Os preços vão a partir de 50 zloty (aproximadamente R$50) em quarto compartilhado

#50 Ônibus low cost – Europa, Estados Unidos e Canadá

Você sabia que existe um ônibus low cost na Europa? O Megabus oferece viagens nacionais e internacionais por preços bastante atrativos, é possível encontrar passagens a partir de 1 euro!

Na Europa o Megabus opera na Bélgica, Inglaterra, França, Alemanha, Luxemburgo, Países Baixos, Irlanda, Escócia, Espanha e País de Gales. No mês passado também começou a operar na Itália, mas, por enquanto, os italianos poderão desfrutar apenas das viagens domésticas.

Um dos ônibus da Mega Bus em operação na Inglaterra

Um dos ônibus da Mega Bus em operação na Inglaterra

Na Itália são 13 as cidades atendidas pelo Megabus. Dá para ir, por exemplo, de Milão a Nápoles por apenas 1 euro. Ou de Veneza a Roma pelo mesmo preço. As passagens de trem, por outro lado, custariam a partir de 50 euros nos dois trechos.

Mas vamos à parte ruim. A viagem entre Milão e Nápoles, que duraria 4h15 horas indo de trem, dura 12h45 de ônibus. A de Veneza a Roma dura 3h45 de trem e 8h15 de ônibus. Mas se você tem tempo sobrando e não se importa de passar várias horas de ônibus vale a pena. Também há trechos noturnos, então dá para ir dormindo o caminho todo e acordar lá no destino.

IMG_0288

Dá para ir de Veneza (foto) a Roma pagando apenas 1 euro por trecho

Dentro da Inglaterra dá para ir, por exemplo, de Cambridge a Oxford pagando 1 euro. A viagem tem duração de 3h55. Por 5,5 euros dá para ir de Leicester a Manchester e a viagem dura 3h30.

A Alemanha também tem percursos domésticos bem baratos. Dá para ir de Berlim a Munique pagando apenas 1 euro, com tempo de viagem de 8h50. Pelo mesmo preço é possível viajar de Berlim a Hanover e a viagem dura 3h15.

Entre as viagens internacionais há, por exemplo, passagens de Paris para Amsterdam por 11 euros, em percurso com duração de oito horas. Pagando 13,50 euros dá para ir de Toulouse, na França, para Barcelona, na Espanha, e a viagem tem duração de 5h15. Por 28 euros dá para ir de Munique a Amsterdam e a viagem dura 16h45.

O Megabus também opera nos Estados Unidos e no Canadá. Uma viagem entre Nova York e Toronto, por exemplo, pode custar U$25 e leva 11h50. Também dá para ir de Las Vegas a Los Angeles por apenas U$5. A viagem tem duração de 5h15.

Uma viagem entre Nova York (foto) e Toronto pode custar U$25

Uma viagem entre Nova York (foto) e Toronto pode custar U$25

As passagens devem ser compradas pelo site e há uma taxa de 0,5 euros para fazer a reserva. Quanto antes você comprar a passagem, maior é a probabilidade de encontrar os preços mais baratos. Antes de comprar verifique as condições de cancelamento e alteração e a franquia de bagagem, que é de 25 quilos + uma bolsinha a bordo. Não é nem preciso dizer que é imprescindível estar com seu passaporte, pois há controle nas fronteiras entre os países.

Onde: Ônibus low cost. Opera na Itália, Bélgica, Inglaterra, França, Alemanha, Luxemburgo, Países Baixos, Irlanda, Escócia, Espanha, País de Gales, Canadá e Estados Unidos
Quanto: Há tarifas a partir de 1 euro. Para comprar acesse o site http://uk.megabus.com