Mês: fevereiro 2016

#80 Alice’s Tea Cup – Nova York, Estados Unidos

Imagina tomar um chá da tarde em companhia do Chapeleiro Maluco? Na Alice’s Tea Cup isso é possível. A rede possui três unidades em Nova York, nos Estados Unidos, e usa o livro “Alice no País das Maravilhas” como inspiração.

É possível tomar café da manhã das 8h às 11h30 em duas das unidades da rede, na “Chapter I” e na “Chapter II” (olha que nomes fofinhos, capítulo I e capítulo II na tradução do inglês). Eles servem uma série de itens com preços individuais, como os waffles com compota de mirtilo e calda (US$12), panquecas de abóbora (US$15), crepes com o sabor que você quiser (US$15) e uma grande variedade de ovos.

1430254269280

O brunch é servido aos finais de semana nas três unidades das 8h às 15h e também cobra individualmente pelos itens servidos. Também tem crepes, ovos, além de rabanas e, é claro, chá.

Mas o mais legal é provavelmente o serviço de chá da tarde, que, apesar do nome, é servido antes e depois do meio dia. Os produtos chegam à mesa em um aparador com três andares e traz sanduíches, sobremesas, chás e scones, que são uma espécie de pãozinho escocês. Há três opções de serviço que cabem melhor no seu estômago – ou no seu bolso. A primeira é a “The Nibble – A lil’ bit hungry?” que custa US$28 e é composta por um bule de chá, um tipo de scone acompanhado de compotas e cremes, um tipo de sanduíche e mini cookies variados.
atc-cookbook-4T

Já a segunda opção é a “The Mad Hatter – Tea For Two”, que custa US$48 e é composta por um bule de chá, dois tipos de scones acompanhados de compotas e cremes, dois tipos de sanduíches e mini cookies variados com os sabores bolo mocha, torta de limão ou mousse de chocolate. Dá para ajustar esta opção para duas pessoas e pedir mais scones e outro bule de chá.

A terceira opção é a “The Jabberwocky – Famished?” que custa US$65 e é ideal para quem quer sair rolando. Traz um bule de chá, scones ilimitados, sempre acompanhados de compotas e cremes, sanduíches ilimitados e mini cookies sortidos de bolo mocha e mousse de chocolate.
atcmug-2T

Também dá para adicionar mais bules de chá para ninguém ficar sem. A rede diz que não há calorias em Alice’s Tea Cup, mas, mesmo assim, há um monte de doces. Só vi vantagem nisso! Também há opções veganas de seus produtos.

Quem ficar muito apaixonado pelo Alice’s Tea Cup pode comprar alguns produtos em sua loja virtual e tentar recriar o ritual em casa. O site vende produtos como bules, xícaras, caixas de chá, livros de receitas e até varinhas de condão!

Onde: Alice’s Tea Cup, Nova York, Estados Unidos
Quando: As três unidades estão abertas diariamente. Para consultar os horários e os endereços acesse o site http://alicesteacup.com/locations
Quanto: O serviço de chá da tarde custa a partir de US$28

Anúncios

#291 O que fazer em Gramado – Rio Grande do Sul, Brasil

O site Trivago faz há três anos um levantamento com as cidades que possuem melhor reputação no mundo. O ranking é criado a partir da avaliação de mais de 200 milhões de pessoas e a localidade precisa ter pelo menos 130 hotéis e 60 avaliações.

Em 2015, a cidade de Göreme, na Turquia ficou em primeiro lugar. E Gramado, no Rio Grande do Sul, apareceu em quarto.

Localizada nas Serra Gaúcha, a 100 quilômetros da capital Porto Alegre, Gramado é famosa por ser um destino de inverno. Suas construções seguem a linha de cidades de montanha da Europa, com muitas casas de madeira e arquitetura alemã e italiana.

10401904_581769055299360_2249840538400983205_n

A arquitetura da cidade segue esta linha (Crédito: Reprodução/Portal Gramado)

Eu achei Gramado uma cidade bem “engordativa”. Há várias fábricas de chocolate (dá para visitá-las, aliás) e muitos restaurantes oferecem a chamada “sequência de fondue”. Ela começa com fondue de queijo, para ser comido com pães. Depois, é a vez da carne. A sobremesa é por conta do de chocolate, que é degustado com frutas. Quem não tem limites como eu sairá rolando com toda a certeza. Depois desse jantar, nem conseguir ir beber depois.

A cidade também é terra do café colonial, um super café da manhã com bolos, pães, frios e muitas outras coisas. Alguns restaurantes servem cerca de 80 itens. Mas, após passar pela sequência de fondue, não consegui experimentá-lo por temer morrer de indigestão!

cafe-colonial-bela-vista-gramado-03

Café colonial do Bela Vista Café Colonial (Crédito: Reprodução)

Um atrativo bastante procurado é o Lago Negro, que ganhou este nome por ser rodeado por árvores da Floresta Negra, na Alemanha. A paisagem é bonita e lá dá para fazer um passeio de pedalinho em formato de cisne. E os adultos podem participar!

216774_1992890380167_2355304_n

Pedalinho no Lago Negro

A cidade também reúne alguns museus. O Dreamland Museu de Cera exibe esculturas de personalidades conhecidas, como Barack Obama e a cantora Amy Winehouse. O local também investe em ambientes como bar anos 1950 e caverna Indiana Jones. Os ingressos inteiros custam R$50 e podem ser comprados online .

avatar

Uma das estátuas do Dreamland (Crédito: Reprodução/Dreamland)

Os amantes de carros antigos podem visitar o Museu do Automóvel – Hollywood Dream Cars. O local exalta o glamour do cinema da década de 1950 e exibe máquinas como Cadillacs rabo-de-peixe, motocicletas e um modelo do Ford Victoria conversível de 1956. Os ingressos inteiros custam R$40.

Blhkdzz37wWjpM7BwPsiDIjYMSpyVCbEIbxMnjFo

Um dos carros em exposição no Museu do Automóvel – Hollywood Dream Cars (Crédito: Reprodução/Hollywood Dream Cars)

Uma forma de economizar é pagando R$120 por um passaporte que dá direito a visitar o Museu do Automóvel, o Museu de Cera, o Harley Motor Show, o Salão Super Carros e o Parque Vale dos Dinossauros.

Para entrar no clima de inverno, visite o Snowland. O parque fechado tem 16 mil metros quadrados e conserva a temperatura de -3º durante o ano inteiro. Dá para esquiar, praticar snowboard, patinar no gelo. Para as crianças há outras atrações, como a Oficina do Tio Urso. Os ingressos inteiros custam a partir de R$99 e podem ser adquiridos no site www.snowland.com.br.

936613_933864063358333_8843063609427629212_n

Oficina do Tio Urso, no Snowland (Crédito: Reprodução/Snowland)

Todos os anos, a prefeitura da cidade promove o Natal Luz. O evento costuma começar em outubro e tem vila de Natal, concertos, exposições e paradas. Ainda não divulgaram a data de início deste ano, mas vale acompanhar no site www.natalluzdegramado.com.br.

Também vale uma visita à cidade de Canela, que fica a oito quilômetros, e é muito bonita. A igreja e a cachoeira do Caracol são algumas das atrações do local.

216008_1723082552301_6425517_n

Igreja em Canela

Gramado não tem aeroporto. O mais próximo é o Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre. De lá, é possível pegar um ônibus da empresa Citral na rodoviária (a passagem custa a partir de R$29,80) e a viagem dura em torno de 2h30. Outra opção é alugar um carro e aproveitar as belas paisagens da estrada.

Onde: O que fazer em Gramado, Rio Grande do Sul, Brasil

#421 Motel One Wien Hauptbahnhof – Viena, Áustria

A rede Motel One foi inaugurada na Alemanha e oferece hotéis design econômicos. No total são 53 empreendimentos na Áustria, Bélgica, Países Baixos, Reino Unido, República Checa, além da própria Alemanha.

Na Áustria a rede possui dois hotéis em Salzburg e quatro em Viena. Na capital, conheci o Motel One Wien Hauptbahnhof e achei que oferece um bom custo benefício.

fachada

Fachada do Motel One Wien Hauptbahnhof

Por ser um hotel econômico design, é mais moderno do que o Formule 1, por exemplo (que atualmente é conhecido do Brasil como ibis budget), e também tem alguns serviços que não costumam ser oferecidos em hotéis desta categoria, como restaurante e bar.

café

Área do restaurante

O quarto duplo não era grande, mas era confortável. Tem cama com bons lençóis, uma mesinha, poltrona, televisão, internet grátis e banheiro. Não possui frigobar e eles oferecem apenas xampu e sabonete como amenites.

quarto

Um dos quartos do Motel One Wien Hauptbahnhof

O hotel oferece café da manhã, que é cobrado a parte e custa 9,50 euros por pessoa. Eu acabei não comendo no hotel, então não posso avaliá-lo 😦

café 3

Café da manhã

A localização desta unidade é muito boa, bem em frente à estação de trem Hauptbahnhof. De lá são apenas três paradas para chegar ao centro na praça Stephansplatz, onde está localizada a catedral Stephansdom.

quarto 2

Olha a estação ali no fundo

A estação de trem Hauptbahnhof fica dentro de uma espécie de shopping, que tem restaurantes, lojas e supermercado.

As diárias custam a partir de 71 euros, mas podem variar de acordo com a época do ano. Eu me hospedei no Réveillon e paguei 150 euros por noite. Há estacionamento e custa 13 euros por 24 horas. Avise já no check-in que está com carro na garagem, pois eles dão um ticket diferente que permite entrar e sair quando quiser.

Para mais informações acesse o site www.motel-one.com.

Onde: Motel One Wien Hauptbahnhof, Viena, Áustria

Quanto: Diárias custam a partir de 71 euros

#333 Conheça atrações em diferentes regiões do Mato Grosso – Mato Grosso, Brasil

O Mato Grosso é o único estado brasileiro composto por três biomas: Pantanal, Cerrado e Amazônia e oferece opções para variados perfis de turistas.

Cuiabá

Localizada no centro da América do Sul é a porta de entrada para quem deseja conhecer o Mato Grosso. Com quase 300 anos de existência, Cuiabá oferece uma combinação de história, modernidade, vida cultural, sabores, diversão e negócios. São igrejas e templos religiosos, museus, praças, monumentos e comunidades tradicionais, tudo isso aliado a uma gastronomia rica em peixes e iguarias regionais, e o agito da vida noturna.

Cerrado

Segundo maior bioma da América do Sul, o Cerrado é berço de rios de corredeiras, cachoeiras para a prática de esportes radicais, árvores, montanhas e fauna e flora. Na região, podemos destacar Chapada dos Guimarães, Jaciara e Nobres. Destinos certos para quem deseja cenários paradisíacos, que inspiram a contemplação da natureza.

Chapada dos Guimarães – Palco de uma paisagem fantástica e muito misticismo, Chapada dos Guimarães (65 km de Cuiabá) possui vários atrativos turísticos como cachoeiras, cavernas e grutas. Só de paredões são 157 km, como os da Cidade de Pedra, um local com desníveis de até 350 metros com formações rochosas esculpidas pelo vento e pela chuva e que lembram ruínas de uma cidade. Do alto se vê uma bela paisagem habitada por aves como a arara vermelha e, em baixo, o vale onde nascem o rio Mutuca e o rio Claro.

Dentro do Parque Nacional, um destaque é o Circuito das Cachoeiras. São sete cachoeiras que podem ser contempladas nesta trilha, como a Cachoeira das Andorinhas. O principal cartão-postal é a cachoeira Véu de Noiva, que cai de uma altura de 86 metros, enquadrados por paredões.
swamp-928909_1920

Nobres – Em Nobres (150 km de Cuiabá) os visitantes podem nadar ao lado de piaus, pacus, piraputangas, dourados e outras dezenas de espécies de peixes, além de arraias. A paisagem embaixo da água dá a sensação de se estar dentro de um aquário natural desenhado à mão. Além de flutuações em diversos rios e lagoas, a bela cachoeira da Serra Azul é um cenário à parte com sua queda d`água de cerca de 45 metros formando uma lindíssima lagoa de tom azulado. Tirolesas de 150 a 600 metros e descidas com boias por rios que passam por dentro de tuneis e cavernas também fazem parte do roteiro. E para finalizar o dia, há o belo pôr do sol na Lagoa das Araras, onde milhares de araras e pássaros pousam ao entardecer para pernoitarem.

Jaciara – A cidade de Jaciara (140 km de Cuiabá) é conhecida como a capital mato-grossense dos esportes radicais. O rio Tenente Amaral oferece opções que vão desde o rafting e canoagem, para os menos aventureiros, ao cachoeirismo ou rapel e o highline, para aqueles que gostam de um pouco mais de emoção. O percurso do rio é bastante complexo com algumas quedas d`água que chegam a três metros para a descida nos botes infláveis.

De acordo com o instrutor, Rafael Martins Sonsin, da agência Nativão, o rafting não tem nenhuma contraindicação. “Qualquer pessoa pode praticar, independente da idade”, destaca.

Para os mais corajosos, o highline é uma modalidade que começa a ganhar adeptos. Ele tem sido praticado na cachoeira da Fumaça, em um cânion de aproximadamente 45 metros de altura. A modalidade vem sendo praticada há pouco tempo no Estado e já recebe esportistas de várias partes do país em busca de adrenalina. Esse esporte é uma das modalidades do slackline e consiste basicamente em equilibrar-se em uma fita ancorada a mais de 10 metros de altura entre formações rochosas, cânions e prédios.
aerial-shot-186498_1920

Pantanal

Maior área alegável do planeta, não há palavra que melhor exemplifique o Pantanal do que diversidade. São cerca de 650 espécies de aves, entre elas a espetacular arara azul, o tuiuiú (símbolo do Pantanal), e a garça-branca; mais de 260 de peixes, 1.100 de borboletas e 80 de mamíferos, sendo a onça-pintada a maior delas (pode atingir 1,2 metro de comprimento, 85 centímetros de altura e pesar até 150 kg).

Saindo de Cuiabá, o município de Poconé (100 km da capital) é tido como a porta de entrada do Pantanal Norte e fica na confluência dos rios Cuiabá e Paraguai. Ao longo dos 147 quilômetros de extensão da Transpantaneira (MT-060), que liga Poconé até a localidade de Porto Jofre, o visitante encontra uma infinidade de pousadas e hotéis e ângulos privilegiados para observar a fauna e a flora locais.
jacare

Mas outros municípios como Cáceres (220 km de Cuiabá), Barão de Melgaço (110 km de Cuiabá) e Santo Antônio de Leverger (30 km de Cuiabá) também são boas opções. No município de Cáceres, os amantes da pesca podem alugar barco e descer o rio Paraguai, passando dias e noites pescando ou apenas apreciando a paisagem.

Proprietário da Pousada Piuval, localizada no início da Transpantaneira, Eduardo Campos, comenta que as opções de passeio são variadas, como o safári fotográfico, passeios de barco, a cavalo, bicicleta e tratrem (um trator que puxa uma carreta em formato de um trenzinho), pesca, observação de pássaros, borboletas e animais, entre muitas outras.

“Cada época do ano tem o seu encanto no Pantanal, mas seja na época da cheia ou da seca, o turista encontra uma infinidade de passeios que com certeza farão a visita inesquecível”, comenta Campos.
fish-1062984_1920

Tão inesquecível que quem já visitou o Pantanal facilmente volta outras vezes. É o caso da turista italiana Nádia Morozzo, que visita o Pantanal pela terceira vez. Segundo ela, o que mais a encanta na região são os animais vivendo livres na natureza. “É belíssimo. Poder ver os animais em meio a natureza é algo único e espetacular, a cada vez que venho, me encanto mais”.

Araguaia

O Araguaia conta com belas praias, aldeias indígenas, grutas e cachoeiras e abriga a maior ilha fluvial do mundo, a Ilha do Bananal. O Rio Araguaia oferece praias de areia fina e branca. A região é conhecida também por seu misticismo, lendas e mistérios que atraem pesquisadores esotéricos e ufólogos do mundo inteiro.

Vale do Araguaia – Berço dos índios Xavantes e Boróros, são 34 municípios que compõem a região turística do Vale do Araguaia, que conta com belas praias de areia branca e águas calmas e cristalinas, espalhadas pelos municípios de Barra do Garças, Cocalinho, São Feliz do Araguaia, Luciara e Santa Terezinha, entre outros.

Barra do Garças – A 510 km de Cuiabá, Barra do Garças forma um dos principais polos turísticos do Vale do Araguaia, juntamente com a cidade vizinha Aragarças, no estado de Goiás. As praias formadas no Rio Araguaia, que separa as duas cidades, têm seu ponto alto durante a Temporada de Praia, que acontece todos os anos no mês de julho, mas são uma boa pedida o ano inteiro.

A Serra do Roncador também é ponto turístico da cidade. Com diversas comunidades esotéricas, ela é conhecida como santuário místico no mundo inteiro.

Outro atrativo da região é o Parque Estadual da Serra Azul, que em dezembro teve dois atrativos reabertos pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema): duas rampas de voo livre e visitação monitorada ao parque para instituições de ensino. A proposta para o ano que vem é gradativamente dar acesso a novos pontos de visitação, mediante elaboração e execução de projetos que ofereçam melhor estrutura de segurança aos visitantes.

Amazônia

A maior parte do Norte de Mato Grosso é coberta pela vasta e exuberante Floresta Amazônica. O maior bioma do Brasil conta com 2.500 espécies de árvores e 30 mil espécies de plantas. A densa floresta chega a ter árvores com 50 metros de altura e grandes rios em áreas de preservação como o Parque Estadual do Cristalino e o Parque Nacional do Xingu.

O Parque Estadual do Cristalino está localizado na divisa com o Pará, entre os municípios de Alta Floresta e Novo Mundo e conta com pousadas e hotéis que oferecem a experiência de ficar hospedado no meio da floresta.

Alta Floresta – Banhada pelo rio Teles Pires, é um dos principais pontos de pesca esportiva no estado, atraindo amantes da pesca de todo o Brasil e de outros países. Internacionalmente reconhecida pela riqueza da fauna e da flora amazônica, bem como da diversidade de aves, atraia ecoturistas, pesquisadores e adeptos de birdwatching (observação de aves). Dentre as 1.600 espécies de aves brasileiras, cerca de 600 encontram-se nesta região.

Onde: Atrações em diferentes regiões do Mato Grosso, Mato Grosso, Brasil