Mês: janeiro 2016

#288 Dicas para arrumar as malas

Viajar todo mundo quer, mas não é todo mundo que gosta de fazer as malas. O maior exemplo disso é o meu namorado, que falta enfartar toda vez que precisa fazer isso, principalmente se a viagem for longa. A proprietária da Lavasecco, Maria Alzira Linares, montou uma lista com algumas dicas para facilitar na hora de realizar esta tarefa.

1- Faça uma pesquisa sobre o clima no destino e a temperatura prevista durante a estada na cidade. É importante também verificar os eventos programados para montar a roupa a ser usada em cada ocasião

2- Separe as peças e coloque em cima da cama. Depois de todas organizadas, cheque as alternativas de combinações das roupas e despreze tudo que for desnecessário ou pareça excessivo. Selecione as peças íntimas, meias, acessórios e não se esqueça dos cintos.

3- Escolha as malas, de preferência uma de tamanho médio e uma menor; e verifique se estão totalmente limpas, livre de mofo e odores, que podem ser transferidos para as roupas. Caso apresente algum tipo de sujeira, leve a mala a uma lavanderia especializada para que ela receba o tratamento adequado.
mala

4- Chegou a hora de montar as malas! Na mala pequena é indicado colocar os calçados, os nécessaires com produtos de beleza e remédios. Para fazer a mala de retorno é indicado ocupar cada espaço, inclusive a parte interna dos calçados, com tubos de cremes, meias usadas, o que inclusive os protege. Interessante também ter uma embalagem a vácuo para ajudar comprimir as roupas sujas na volta.

5- Na mala média, coloque primeiro as peças íntimas e menores no fundo, aproveitando todos os espaços da bagagem. Os cintos vão esticados, acompanhando o contorno das laterais da mala. Distribua as peças deixando-as o mais aberto possível, usando toda a extensão da mala, evitando ao máximo dobrá-las para não amassar tanto e não gerar volume desnecessário. Indica-se lavar as camisas na lavanderia e solicitar que sejam dobradas, assim, seguem direto para a mala e ficam perfeitas para serem usadas na viagem.

6- Hora de fechar as malas! Não se esqueça de identificar sua bagagem, inclusive internamente, pois às vezes as etiquetas caem. E coloque um toque pessoal: uma fita colorida, um adesivo ou uma plaqueta sempre ajudam na hora de recolher a bagagem na esteira.

Anúncios

#188 Saiba como economizar em passagens aéreas de acordo com o site Voopter

O Voopter é um comparador de preços de passagens aéreas e fez um levantamento sobre as tendências de viagem em 2016. Os resultados foram baseados no banco de dados do site.

Em 2015, os meses que mais tiveram promoções de passagens aéreas foram março, maio e setembro e isso deve se repetir em 2016. Voos nacionais de ida e volta saíam a partir de R$ 62, enquanto hoje o preço mais barato é R$ 116. Já para os destinos internacionais, o melhor mês foi maio, com vários voos por menos de R$ 1.000. Para este ano, a dica é ficar de olho nos feriados prolongados de março, abril e maio, que já são considerados meses de baixa temporada, ou seja, com mais chances de ter tarifas em conta.

Outra dica é ficar ligado nas promoções relâmpago feitas pelas companhias aéreas nacionais. A maioria é realizada a cada 15 dias e durante os fins de semana (das 18h de sexta-feira até às 8h da segunda), mas geralmente são para capitais com muitos voos disponíveis, como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Curitiba. Ainda assim valem a pena: há diversas passagens de ida e volta por menos de R$ 200.

rio-de-janeiro-809756_1920 (1)

As companhias aéreas costumam fazer promoções relâmpago para grandes capitais como Rio de Janeiro

Enquanto o dólar subia, muitos turistas passaram a buscar os países latino-americanos. Segundo o Voopter, a preferência pela Argentina diminuiu e tanto o Chile quanto o Uruguai começaram a chamar mais a atenção. A recuperação do peso argentino frente ao Real e o fato de Buenos Aires já ser bastante conhecida pelos brasileiros são alguns dos fatores que levaram a essa mudança. Para se ter uma ideia, em 2015 Montevidéu foi o destino sul-americano com a tarifa mais barata, a partir de R$ 281 (ida e volta, sem as taxas). O Peru também ganhou mais atenção dos usuários no ano passado, com passagens promocionais de ida e volta por menos de R$ 800, e a tendência é continuar se destacando em 2016.

volcano-657895_1920

Vulcão Villarrica, no Chile

Quem procura sossego em uma praia paradisíaca deve ficar atento às promoções para Aruba, Curaçao, Panamá e outros destinos do Caribe. De acordo com o levantamento do Voopter, devem ser realizadas várias promoções com preços menores do que R$ 1.000. Hoje já é possível encontrar passagens a partir de R$ 613 ida e volta, sem as taxas. Tarifas para Cartagena e San Andrés, na Colômbia, também devem cair e podem chegar a menos de R$ 700 este ano.

lagoon-911963_1920

Curaçao, no Caribe

Além dos queridinhos entre os brasileiros, destinos da Ásia e do Canadá prometem figurar na lista de destaques para 2016. Por conta da notícia da mudança do visto canadense, que a partir de março facilitará muito a entrada de turistas no país, e a queda no preço médio das passagens (30% em 2015), a tendência é que o número de viagens ao país aumente. O mesmo deve ocorrer para destinos asiáticos. Com a chegada de companhias aéreas árabes (como Emirates, Qatar e Etihad) ao Brasil, a oferta de voos aumentou bastante, além de ter proporcionado preços mais competitivos e menos tempo de viagem. Em 2015 foram feitas três grandes promoções para a China e o Japão, com tarifas de ida e volta por menos de R$ 2.500.

quebec-1001798_1920

O Canadá poderá ser mais procurado pelos brasileiros em 2016. Na foto, o Castelo de Fronsac, em Quebec

Neste início de 2016, algumas promoções já estão disponíveis: passagens de ida e volta para Miami podem ser encontradas a partir de R$ 895 segundo os dados do Voopter, a previsão é de que a partir de março destinos como Nova York, Las Vegas e Los Angeles também apresentem queda nos preços.

Se pretende ir a algum desses lugares, procure dicas aqui no site. Há, por exemplo, avaliação de hotel em Lima (Peru), em Punta Arenas (Chile), hotéis e restaurantes em São Paulo, entre outros.

Onde: Saiba como economizar em passagens aéreas de acordo com o site Voopter

Quando: Ano de 2016

#750 Como ir de Milão para o aeroporto de Bergamo – Milão, Itália

A cidade de Milão não recebe voos da companhia Ryanair. Eles são operados no aeroporto de Bergamo-Orio al Serio, localizado a 50 quilômetros de Milão. O aeroporto é bem moderno e estruturado e recentemente foi escolhido pela consultoria britânica OAG como o que mais recebeu melhorias em 2015.

Apesar da distância não é difícil chegar lá não. A forma mais fácil e econômica é pegar um ônibus em frente à estação central de Milão. Lá na frente você vai encontrar um monte de pessoas anunciando as viagens para o aeroporto e todos querendo pegar os passageiros a laço. São várias as empresas que realizam esta viagem e o preço é de 5 euros por trecho.

stazionecentrale_milano_tellmi

Estação central de Milão

Eu utilizei a Terravision, que tem inclusive um site na internet e permite a compra das passagens antecipadamente. Aliás, quem comprar nessa modalidade o bilhete de ida e volta ganha um descontinho de 1 euro.

Bus_Terravision_wiki

Um dos ônibus da Terravision

A minha passagem eu deixei para comprar ali na hora. Como são várias empresas, é difícil ficar sem ônibus. Mas é bom ter uma certa margem de tempo, pois o horário de saída não é tão certinho e não dá para confiar muito na palavra dos vendedores (todos eles dizem que o seu ônibus está saindo em cinco minutos). Na ida não tive problema e o ônibus saiu logo. Saindo da estação central ele faz uma parada na estação Cologno Monzese. Depois, seguiu direto para o aeroporto. A viagem dura cerca de uma hora, mas é bom lembrar que em horários de pico é possível pegar congestionamento e demorar mais – outro motivo para sair com antecedência.

Eu não tive problemas com demoras na ida, pois na volta fiquei uns 20 minutos mofando dentro do ônibus esperando ele sair – e o vendedor tinha prometido que sairia logo. Eles ficam tentando colocar o máximo de passageiros dentro do ônibus antes dele partir, então antes de comprar se perceber que tem um ônibus quase cheio é melhor escolhê-lo. Além disso, pegamos um pouco de trânsito na estrada.

orio

Dentro do aeroporto de Bergamo

No caso da Terravision, o primeiro horário para pegar um ônibus sentido aeroporto é 2h50 e o último 22h10. Na direção oposta, os ônibus começam a partir à meia noite e terminam às 23h30.

Outra forma de ir para o aeroporto de Bergamo é de trem. Ele não para no aeroporto e sim na estação perto do centro da cidade. De lá, na frente da estação mesmo, tem um ônibus convencional que vai para o aeroporto e a corrida dura 15 minutos. A viagem de Milão para Bergamo leva 50 minutos e custa 5,50 euros. Para se informar sobre os horários acesse o site www.trenitalia.com. Mas como o trem não vai direto para o aeroporto, acho que é mais prático ir de ônibus.

Onde: Como ir de Milão para o aeroporto de Bergamo, Milão, Itália

Quanto: A viagem de ônibus custa 5 euros e a de trem 5,50 euros + 1,30 euro do ônibus convencional

#550 Bike na Porta – São Paulo, Brasil

São Paulo agora é amante dos ciclistas. A implantação de novas ciclofaixas – são mais de 120 quilômetros – incentivou e tornou mais seguro andar pela capital de bicicleta. Agora, moradores e turistas que não tiverem bicicleta e quiserem optar pelo meio de transporte podem alugar uma com o serviço Bike na Porta. A parte boa é que nem é preciso sair de onde está e eles entregam bicicletas revisadas e higienizadas em residências, condomínios, hotéis e empresas.

imagem_release_556087 (3)

O serviço leva a bicicleta até você

“Cada vez mais paulistanos e turistas estão descobrindo o prazer de pedalar na cidade”, enfatiza Júlio Schonenberg, um dos sócios do negócio. “Nosso serviço traz mais facilidade e praticidade ao esporte, pois livra o ciclista do trabalho de carregar a bicicleta no carro, pagar estacionamento, de achar espaço para guardar a bike em casa e de investir na manutenção.”

O Bike na Porta já está em atividade na região da Avenida Paulista, no Centro e na Zona Oeste de São Paulo. Atendimentos a outras localidades irão depender da viabilidade, levando em conta a quantidade de bicicletas solicitada e o número de diárias.

sao-paulo-980460_1280

O serviço está disponível na região da Avenida Paulista, Centro e na Zona Oeste da cidade

De segunda a quinta, a diária das bicicletas sai por R$ 30,00. Às sextas, sábados, domingos e feriados o valor é de R$ 50,00. E durante o período de férias, o serviço está com promoção especial: 3 diárias de bicicleta no final de semana saem por R$ 120,00. Pedidos podem ser feitos por telefone, e-mail e WhatsApp.

“Em uma cidade como São Paulo, cada vez consciente dos benefícios à saúde e mobilidade proporcionados pela bicicleta, nossa meta até o final de 2016 é multiplicar por dez o volume de atendimento atual”, destaca Sznajder.

Para mais informações, acesse o site www.bikenaporta.com.br

Onde: Bike na Porta, São Paulo, Brasil

Quanto: De segunda a quinta, a diária das bicicletas sai por R$ 30,00. Às sextas, sábados, domingos e feriados o valor é de R$ 50,00