Mês: dezembro 2015

#46 C’era una volta una piada – Milão, Itália

Há tantas coisas para falar sobre este lugar que nem sei direito por onde começar. “C’era una volta” significa “era uma vez” em italiano. Então já dá para sentir um cheirinho de contos de fadas por aqui. Piada é uma forma de chamar a piadina, uma espécie de lanche feito com um pão similar ao pão folha. Ele é enrolado e pode ter uma infinidade de recheios e combinações, como presunto cru, queijo e rúcula, salame picante e queijo, berinjela e queijo, entre outros.

A piadina campagnola leva mozzarella de búfala, mozzarella defumada, tomate e speck

A piadina campagnola leva mozzarella de búfala, mozzarella defumada, tomate e speck

A C’era una volta una piada tem três unidades em Milão: a matriz, que fica perto do metrô Repubblica, uma na Viale Coni Zugna, e outra próxima ao metrô De Angeli. Eu conheço somente a filial, então vou falar sobre ela. A loja é pequena, mas muito bem decorada. Utiliza objetos e cores que remetem aos contos de fada e o resultado é muito fofo. No balcão dá para ver os funcionários em ação montando a sua piadina. De acordo com a rede os campeões de pedidos são a piadina “Cigno Branco”, que leva presunto, mozzarella e rúcula, a “Pippo”, composta de presunto cru, rúcula e stracchino, que é um queijo molinho, “Regina”, que tem presunto, scamorza defumada, que é um tipo de queijo, fungos e molho cocktail e a “Rosina”, que leva presunto, camarões, rúcula e molho cocktail.

Apesar de grande parte das piadinas ter alguma carne entre os ingredientes, os vegetarianos podem ficar tranquilos, pois também há opções para eles. Uma delas é a “Tricolore”, que leva mozzarella, tomatinho, rúcula e queijo grana. Outra é a “Grilletta”, composta por berinjela, abobrinha, cogumelos e mozzarella. Também há uma versão vegana, a “Vega”, que leva berinjela, abobrinha, tomate e homus.

Piadina "Gustosissima" leva squacquerone, tomate, rúcula e azeite de oliva

Piadina “Gustosissima” leva squacquerone, tomate, rúcula e azeite de oliva

Se quiser fechar com um docinho há três opções de piadinas doces: a “Candy”, que é recheada com Nutella, a “Coccon”, que tem Nutella e coco ralado e a “Stellina”, composta por Nutella e nozes.

Todas as quintas-feiras, a loja do metrô Reppublica abre das 18h30 às 23h para um jantar a luz de velas, emprestando uma atmosfera romântica ao lugar. Não é uma refeição feita por um chef estrelado, mas garanto que é uma delícia!

Dá para ver que eles gostam de colocar frios nas piadinas :)

Dá para ver que eles gostam de colocar frios nas piadinas 🙂

Mas o jantar a luz de velas não é o evento mais legal realizado por eles. Em Milão em muitos bares dá para fazer um aperitivo, onde você paga por uma bebida e ganha comida de graça, algumas vezes no sistema all you can eat. Ainda bem que a C’era una volta resolveu aderir e realizar uma vez por mês a “apepiada”, que é a junção das palavras “aperitivo” e “piadina”. Esse é um dos aperitivos que mais valem a pena na cidade em minha opinião. Por apenas 6 euros você ganha uma taça de vinho e pode comer piadina até desmaiar. As piadinhas são preparadas na hora e cortadas em pedaços para facilitar na hora de comer. São feitos vários sabores, inclusive a opção vegetariana.  Só fiquei um pouco frustrada, pois descobri que não é tão fácil assim comer um monte de piadina. Mas vale muito a pena mesmo assim!

piadina

Olha que bonitinha a decoração

Tirando a parte da comida a vontade, durante a apepiada o clima de conto de fadas continua bem presente. O evento começa às 20h e quem chega antes do horário dá de cara com as portas fechadas, não dá nem para ver dentro da loja. Às 20h em ponto as portas começam a se abrir e somos recebidos por um personagem como o Pinóquio. Lá dentro há fadas, princesas e a decoração é uma gracinha. Uma das princesas cobra a entrada e nos dá uma ficha e uma pulseirinha de identificação. Aí você vai ao bar retirar o seu vinho e depois passa para a parte do balcão de piadinas e começa a comilança. Se quiser beber mais de uma taça pode, mas é preciso pagar. Só a comida é liberada. E até às 22h é o seu estômago quem manda!

Apepiada do "Estranho Mundo de Jack"

Apepiada do “Estranho Mundo de Jack”

Onde: C’era una volta una piada, Milão, Itália

Quando: Consulte os horários no site www.ceraunavoltaunapiada.it/

Quanto: A apepiada custa 6 euros. As piadinas têm preços variados

Anúncios

#39 Hotel María Angola – Lima, Peru

O hotel María Angola está localizado em Miraflores, em Lima, no Peru. Este bairro é bastante tranquilo e recheado de restaurantes, cassinos e lojas, incluindo duas grandes galerias, a Ripley e a Saga Falabella.

O nome do hotel é derivado de um sino instalado na catedral de Cuzco, a antiga capital Inca. O sino María Angola foi construído em 1655, pesa seis toneladas, tem 2,10 metros de altura e é considerado o maior do tipo na América do Sul.

Fachada do restaurante Dimmi di si

Fachada do restaurante Dimmi di si

O quarto single é confortável, tem frigobar, televisão a cabo, internet, cofre, telefone e ar condicionado. No site os preços vão a partir de US$80, mas sempre dá para tentar pechinchar um pouco ou pesquisar em sites de reserva como o Booking.com e o Decolar.com.

Um dos quartos do hotel

Um dos quartos do hotel

Um ponto negativo é que o hotel não tem opções de lazer, como piscina e sauna. A única coisa é um business center caso você esteja sem computador e precise acessar a internet ou imprimir alguma coisa. Mas se o dinheiro estiver sobrando dá para ficar na suíte luxo, que possui sauna e jacuzzi privativas. As diárias neste quarto custam US$140.

O hotel está localizado a 20 minutos do centro de táxi e a corrida custa mais ou menos 20 soles (cerca de R$20). Mas também dá para ir de ônibus. O aeroporto fica a 30 minutos dali.

Para mais informações acesse o site www.mariaangola.com.pe.

Onde: Hotel María Angola, Lima, Peru

Quanto: No site do hotel as diárias custam a partir de US$80

#340 Jornada do Patrimônio – São Paulo, Brasil

Estará em São Paulo nos dias 12 e 13 de dezembro? A Secretaria Municipal de Cultura (SMC) e o Departamento do Patrimônio Histórico (DPH) estarão promovendo nestas datas a 1ª Jornada do Patrimônio em São Paulo. A formatação do evento é inspirada em outros semelhantes realizados no exterior, como a Journées Européennes Du Patrimoine na França.

A jornada de São Paulo terá 80 imóveis públicos e privados participantes, que abrirão suas portas neste final de semana. Dentre os imóveis que a população terá oportunidade de reverenciar está a rede de casas históricas do Museu da Cidade de São Paulo, composta de espaços como o a Capela do Morumbi, Casa do Tatuapé, Casa da Imagem, entre outros. Algumas atrações terão visita guiada.

Crédito: Reprodução/Prefeitura de São Paulo

A Casa da Imagem fará parte da Jornada do Patrimônio

Além de visitar as atrações, também será possível participar de oficinas, como a Fotojornada do Patrimônio, que será voltada a fotógrafos profissionais e amadores e terá como objetivo documentar o patrimônio da cidade. Já as crianças poderão participar, por exemplo, da Oficina de Escavação Arqueológica na Casa do Bandeirante. Todas essas oficinas são gratuitas.

Crédito: Reprodução/Facebook Vila Itororó

Vila Itororó

Todas as regiões da cidade receberão roteiros e oficinas temáticos, que são oportunidades para os interessados conhecerem a história da cidade de São Paulo sob diversos aspectos, contados através de imóveis e tradições locais.

Crédito: Reprodução/Site Museu da Cidade de São Paulo

O Solar da Marquesa de Santos também está participando

Na ocasião, também será possível assistir alguns shows. No sábado, o Solar da Marquesa recebe, às 19h, João Macacão, representante da velha guarda do choro, do samba e da seresta, que interpreta Noel Rosa, Ary Barroso, entre outros. Já o Teatro Oficina apresenta, às 21h, o espetáculo “Musical Mistérios Gozosos”, com direção de Zé Celso.

Mais informações e programação completa podem ser obtidas no site.

Onde: 1ª Jornada do Patrimônio de São Paulo, São Paulo, Brasil
Quando: 12 e 13 de dezembro de 2015
Quanto: Gratuito

#220 Tetris Hostel – Foz do Iguaçu, Brasil

O Tetris Hostel, localizado em Foz do Iguaçu, Paraná, tem um formato diferente. Para sua construção foram utilizados 15 contêineres marítimos de 40 pés cada. Ou seja, se você ficar hospedado no Tetris, irá dormir dentro de um contêiner de navio! Para a realização da piscina também foi utilizado o mesmo material e o local é todo voltado à sustentabilidade, com telhado verde, captação da água de chuva, pisos drenantes, deck de madeira plástica, isolamento termo-acústico feito com lã e garrafas pet, além de mobiliário feito com materiais reciclados.

tetrishostel7

No Tetris Hostel você irá dormir dentro de um contêiner

Ao todo são 10 quartos, divididos entre cinco privativos (que comportam até seis pessoas) e compartilhados mistos e femininos, com capacidade entre quatro e 12 pessoas.

tetrishostel12

Um dos quartos do Tetris Hostel

As áreas comuns foram pensadas para a socialização. Há jardim interno, piscina, áreas de descanso, lounge, puffs, bar, cozinha comunitária, sala de estar, biblioteca, jogos de tabuleiro e internet wifi.

tetrishostel8

Áreas comuns do hostel

Para matar a fome, toda quinta-feira eles recebem o Mamute Food Truck, que atende tanto os hóspedes quanto passantes. Eles também mantêm uma agenda de eventos culturais que reúnem bandas, DJs, artesanatos, tatuagens, entre outros.

Crédito: Divulgação/Tetris Hostel

Área interna do Tetris Hostel

As diárias dos quartos compartilhados giram em torno de R$40. Já nos quartos privativos custa em torno de R$130, ambas com café da manhã incluso. É claro que o preço depende da época do ano e da disponibilidade, mas dá para ter uma ideia.

tetrishostel10

Um dos quartos privativos do hostel

Recentemente o Tetris foi escolhido pela revista Viagem e Turismo como o melhor hostel de 2015. E olha que eles estão operando há pouco tempo, desde 12 de novembro de 2014. De acordo com Ralf Smaha, um dos gestores do projeto, o prêmio “além de gerar uma visibilidade para o hostel, também será ótimo para Foz do Iguaçu”. Além disso, eles já são número 1 nas avaliações do Tripadvisor.

Para mais informações, acesse a página do Facebook do hostel: www.facebook.com/tetriscontainerhostel

Onde: Tetris Hostel, Foz do Iguaçu, Brasil

Quanto: Diárias em quarto compartilhado custam em torno de R$40. Em quarto privativo cerca de R$130. Ambas incluem café da manhã

#250 Lista da Hoteis.com de destinos mais procurados no verão

Quer saber para onde as pessoas estão pensando em ir viajar neste verão? O site de reservas Hoteis.com divulgou uma lista com os 20 destinos mais procurados neste período. O Nordeste é a região que mais tem cidades no ranking, mas quem ocupa os primeiros lugares são São Paulo e Rio de Janeiro, respectivamente.

Apesar dos primeiros lugares serem ocupados respectivamente por São Paulo e Rio de Janeiro, Natal registrou um aumento de buscas acima de 50% em comparação com 2014, ocupando o sexto lugar. Em sétimo, Salvador foi outra que contou com forte crescimento, de 47%, enquanto Ipojuca – famosa pela praia de Porto de Galinhas, obteve um aumento na procura dos viajantes brasileiros de 114%, na oitava posição. Porto Seguro (10º lugar) teve a sua procura impulsionada em 37% em comparação a outubro de 2014, com Maceió registrando um aumento de 63%, colocando a capital alagoana em 14º lugar no geral.

1620388_10202986434477237_2946152062307966301_n

Salvador aparece em sétimo lugar na lista

Outras regiões brasileiras entre os principais destinos de outubro foram o Sul e Sudeste. O sul contou com Florianópolis (5º lugar, com aumento de 42% em comparação ao ano anterior), Curitiba (13º lugar, com aumento de 89%), Foz do Iguaçu (18º lugar, com aumento de 19%) e Gramado (20º lugar, com aumento de 61%). Enquanto o Sudeste teve, além da dupla RJ-SP, Búzios (11º lugar, com aumento de 47%), Guarujá (12º lugar, com aumento de 79%), Belo Horizonte (16º lugar, com aumento de 33%) e Ilhabela (19º lugar, com aumento de 64%).

11219054_10205075838911042_2582519569690373509_n

Praia Azeda, em Búzios

No total, apenas quatro destinos internacionais figuraram na lista: Orlando, Nova York e Miami Beach, nos Estados Unidos; e Paris, capital francesa. Orlando registrou um aumento de 6% na procura em relação ao mesmo mês em 2014, o que acabou sendo o melhor resultado dos quatro destinos. Miami obteve uma retração de 12% nas buscas, enquanto a Nova York permaneceu estável e Paris contou com um aumento de 2%.

louvre-102840_640

Museu do Louvre, em Paris

Outros destaques

– Ao olhar o aumento de buscas em relação ao mês de Outubro de 2014, nenhum destino se compara com Arraial d’Ajuda. O vilarejo vizinho a Porto Seguro registrou 2040% a mais de buscas dos viajantes brasileiros durante o mês. Localizada no município de Cairu, entre Salvador e Ilhéus, a Ilha de Boipeba foi outro destino baiano bem visado pelos usuários da Hoteis.com, com um aumento de 412% em relação ao ano passado.

boipeba-337794_1920

Boipeba, na Bahia

– Entre os destinos internacionais, apenas San Jose del Cabo e Uruguai tiveram melhoras expressivas. A cidade que serve como contraponto à exuberância de Cabo San Lucas na Baja Califórnia mexicana registrou um aumento das buscas de 472%, enquanto o vizinho do sul teve 411% mais buscas do que em outubro de 2014.

rambla-613113_1920

Praia em Montevideu, no Uruguai

Aqui no site temos avaliações de alguns desses destinos. Em São Paulo, temos avaliação do restaurante vegetariano Apfel, que pode ser vista aqui: https://guiaaleatoriodeturismo.com/2015/12/02/51-restaurante-apfel-sao-paulo-brasil/

Em Salvador, avaliamos o The Hotel: https://guiaaleatoriodeturismo.com/2015/08/05/14-the-hotel-salvador-bahia/

Sobre Búzios, você pode ver a nossa avaliação da Pousada Janellas do Mar aqui, saber se vale a pena fazer um passeio de barco na cidade aqui e também saber como é a viagem de ônibus São Paulo-Búzios com a empresa 1001 neste post.

Paris também aparece na lista e você pode ler aqui no site a nossa avaliação do F1 Porte de Montreuil.

Onde: Lista da Hoteis.com de destinos mais procurados para o verão

#51 Restaurante Apfel – São Paulo, Brasil

O restaurante Apfel é especializado em culinária vegetariana e está localizado na Rua Bela Cintra e no centro de São Paulo. As comidas são servidas em sistema de buffet à vontade e o preço já inclui sobremesas. Bebidas devem ser pagas a parte, mas eles oferecem água com limão de graça.

O buffet inclui opções de saladas, pratos quentes e sopas. No dia da minha visita, na unidade da Bela Cintra, a parte das saladas não tinha nada de muito espetacular. O cuscuz estilo o paulista tinha uma aparência muito boa, mas achei que faltava um pouco de sabor.

apfel saladas

Buffet de saladas do Apfel

Agora vamos aos destaques! A lasanha de beterraba me deixou com medo no início, mas era deliciosa. O molho bechamel estava muito bem feito e deu um ótimo sabor ao prato. O charutinho de repolho com molho de tomate e proteína de soja também estava muito bem feito e gostoso. Também gostei bastante da sopa de abóbora – pena que foi a última coisa que comi e não pude comer mais, pois tinha que guardar espaço para a sobremesa, hehehe. O prato que eu mais gostei foi a torta de espinafre, tinha uma massa estilo a de quiche e estava perfeita.

apfel pratos

Buffet quente

A única coisa que eu provei e não gostei e foi o risoto de maracujá. Achei estranho, dava para sentir o maracujá e depois vinha um gosto que não consegui identificar e que não combinava, não dava para saber muito bem o que estava acontecendo nesse prato.

As sobremesas eram poucas. Tinha um bolo que não provei, iogurte para comer com granola, arroz doce (estava bom) e um creme que tinha gosto de cural e que era a opção mais gostosa.

O ambiente do restaurante é rústico e agradável. Há mesas dentro, fora e na parte superior. O local é comandado pela chef chilena Mylenne Signe, que abriu a unidade do centro em 1993 ao lado do advogado Carlos Beutel e a unidade dos Jardins em 2002.

APFEL 2_jardins

Mesas na parte exterior do restaurante dos Jardins

O buffet no centro custa R$28. Nos Jardins custa R$29,50 de segunda a sexta e R$34 em sábados, domingos e feriados. Eu achei que vale a pena e eu voltaria lá. Apesar de ter opções que poderiam ter um pouco mais de tempero, também havia outras que eram muito boas mesmo. E se você for como eu, que não tem limites quando ouve que é à vontade, dá para comer e sair rolando de lá.

Para mais informações acesse o site www.apfel.com.br.

Onde: Restaurante Apfel, São Paulo, Brasil

Quando: Centro: Segunda a sábado, das 11h30 às 15h. Nos Jardins: Segunda a sexta, das 11h30 às 15 e aos sábados, domingos e feriados, das 11h30 às 16h

Quanto: O buffet no centro custa R$28. Nos Jardins custa R$29,50 de segunda a sexta e R$34 em sábados, domingos e feriados