#144 Especial Expo 2015: Pavilhão Itália – Milão, Itália

O pavilhão da Itália é o maior da Expo e é composto por diversos edifícios. O principal deles é o Palazzo Italia, sede da mostra “Casa dell’identità italiana”. A exposição é dedicada às quatro potências do país: o saber fazer, a beleza, o limite e o futuro.

O pallazo Italia é a construção principal do pavilhão Itália

O Palazzo Italia é a construção principal do pavilhão Itália

Na primeira parte, na potência do saber fazer, são mostradas a capacidade dos italianos em tornar a terra produtiva, conservando-a para as futuras gerações. 21 personagens, um de cada região da Itália, contam histórias ligadas à alimentação e ao ambiente. Como Matteo Brambilla, da Lombardia, que criou uma cantina-laboratório para estudar o vinho.

A segunda parte, a da beleza, é a mais legal em minha opinião. Várias salas espelhadas projetam imagens que representam o que há de mais belo no país. São mostradas as montanhas, cidades, monumentos e até obras de arte feitas por artistas italianos.

Projeção em uma das salas de espelhos

Projeção em uma das salas de espelhos

No meio da exposição é possível participar da experiência sensorial “Dialogo nel Buio”. A iniciativa é realizada normalmente no Instituto dos Cegos de Milão, onde os visitantes percorrem um percurso totalmente no escuro e sem poder ver nada, na companhia de um cego. A ideia é fazer a visita como um deficiente visual e tentar perceber as coisas de outra forma. Na Expo foi feita a reprodução de uma obra de arte em tamanho maior e a ideia é a mesma: tentar percebê-la sem os olhos. No final, é possível vê-la e descobrir se você conseguir entendê-la ou não. Deve bem legal, mas só podem entrar poucas pessoas por vez, tem fila e a atividade dura 40 minutos. Então tive que pular essa parte.

Os espelhos projetam belas imagens da Itália

Os espelhos projetam belas imagens da Itália

O limite mostra a história da atividade agrícola, agroalimentar e artesanal no país. Na última parte é possível ver o futuro através de um viveiro com 21 plantas, cada uma representando uma região da Itália. Lá também dá para ver com uma espécie de óculos detalhes de alguns pontos turísticos do país.

Planta da região Friuli Venezia Giulia

Planta da região Friuli Venezia Giulia

No final da exposição há uma lojinha com produtos italianos. Dá para encontrar, por exemplo, uma cafeteira italiana da Bialetti por 29,90 euros. Ou então um pacote de espaguete do famoso – e caro – empório Peck por 4 euros. Também há souvenirs como camiseta da Expo por 25 euros e chaveirinhos por 8 euros.

Chaveiros vendidos na lojinha

Chaveiros vendidos na lojinha

É na área do pavilhão da Itália que está localizada a Árvore da Vida, símbolo da Expo 2015. Com 37 metros de altura e 45 metros de circunferência é palco de apresentações diárias com luzes, música, fonte de água e fogos de artifício. É um espetáculo muito bonito e realizado somente durante a noite.

Espetáculo noturno na árvore da vida

Espetáculo noturno na árvore da vida

Ainda na área há outros pavilhões menores, como o “Vinho – Um pedaço da Itália”, que é dedicado à história e à cultura dos vinhos e destilados. Na parte inferior há projeções de vídeos contando a história da enologia italiana. No andar de cima há uma biblioteca do vinho com 1400 exemplares para degustação – mas é necessário pagar.

O pavilhão da Itália está aberto todos os dias, das 10h às 23h. As lojinhas fecham às 22h30. A mostra “Casa dell’identità italiana” funciona até as 21h, mas o último ingresso é às 20h30.

A Expo será realizada até o dia 31 de outubro e está aberta de segunda a sábado das 10h às 23h e aos domingos até a meia noite. O ingresso inteiro custa 34 euros se você escolher a data da visita ou 39 euros para ser usado qualquer dia. Também é possível comprar para dois dias consecutivos pagando 57 euros. O ingresso noturno (entrada a partir das 18h) custa 5 euros. Os ingressos podem ser comprados nas bilheterias da Expo ou online. Caso escolha comprar pelo site o pagamento só pode ser feito com cartão de crédito e é necessário imprimi-los e apresentar na entrada.

Leia nosso post completo com informações da Expo 2015 aqui. E também os posts sobre outros pavilhões, como o do Brasil aqui.

Onde: Expo 2015, Milão, Itália
Quando: Até o dia 31 de outubro
Quanto: Os ingressos inteiros custam entre 5 euros e 39 euros. Não há custos adicionais para entrar no pavilhão. Mais informações no site www.expo2015.org/it/biglietti

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s