#142 Especial Expo 2015: Pavilhão Malásia – Milão, Itália

O pavilhão da Malásia escolheu abordar seus esforços no campo de sustentabilidade e inclusão. Com o tema “Rumo a um ecossistema de alimentos sustentável”, visa mostrar seu Programa Nacional de Áreas Econômicas Chaves, como a agricultura, o óleo de palmeira, a borracha e o turismo e a dinâmica entre avanço econômico e preservação do meio ambiente. De acordo com o pavilhão, a Malásia alcançará o patamar de país desenvolvido em 2020.

A parte externa do pavilhão é interessante e tem formato de quatro sementes. O design tem como objetivo refletir a diversidade e o dinamismo da nação asiática. Dentro de cada semente um tema diferente é abordado.

Um das sementes que foram o pavilhão da Malásia

Uma das sementes que foram o pavilhão da Malásia

Quando entramos somos acomodados em uma sala repleta com sofás e ali assistimos a um vídeo. Depois começa a exposição. A primeira parte é chamada de “Nossa casa – De agora para o futuro” e descreve a necessidade do país em preservar o meio ambiente e a crescer economicamente.

"Floresta" dentro do pavilhão

“Floresta” dentro do pavilhão

A segunda semente tem como tema “Paraíso da diversidade” e ali dá para ver representações das seringueiras, árvore de onde é extraída a borracha. A Malásia, assim como o Brasil, também tem em seu território uma floresta tropical como a Amazônia.

Representação da extração da borracha

Representação da extração da borracha

Na terceira semente, a “Semente da mudança”, são mostradas algumas áreas de destaque e planos para o futuro. Há cantinho lembrando o trabalho do estilista de sapatos Jimmy Choo, que é natural da Malásia.

Painel com informações sobre a Malásia

Painel com informações sobre a Malásia

A última parte abriga um teatro onde ocasionalmente são feitas apresentações sobre cultura, culinária, música e suas etnias.

Produtos da Malásia

Produtos da Malásia

O restaurante fica na parte externa e tem opções da culinária do país. Você pode experimentar, por exemplo, o veat ayam pandan, espécie de almôndegas vegetarianas enroladas em folhas pandan. Custa 6 euros. Como sobremesa dá para pedir um pudim de manga por 4 euros. Eles também servem sucos naturais, como o de carambola.

Veat ayam pandan: bolinho vegetariano envolto em folha

Veat ayam pandan: bolinho vegetariano envolto em folha

A Expo será realizada até o dia 31 de outubro e está aberta de segunda a sábado das 10h às 23h e aos domingos até a meia noite. O ingresso inteiro custa 34 euros se você escolher a data da visita ou 39 euros para ser usado qualquer dia. Também é possível comprar para dois dias consecutivos pagando 57 euros. O ingresso noturno (entrada a partir das 18h) custa 5 euros. Os ingressos podem ser comprados nas bilheterias da Expo ou online. Caso escolha comprar pelo site o pagamento só pode ser feito com cartão de crédito e é necessário imprimi-los e apresentar na entrada.

Leia nosso post completo com informações da Expo 2015 aqui. E também os posts sobre outros pavilhões, como o do Brasil aqui.

Onde: Expo 2015, Milão, Itália
Quando: Até o dia 31 de outubro
Quanto: Os ingressos inteiros custam entre 5 euros e 39 euros. Não há custos adicionais para entrar no pavilhão. Mais informações no site www.expo2015.org/it/biglietti

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s